NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A economia grega cresceu 1,5% em 2017 face a 2016, segundo dados definitivos publicados hoje pela agência de estatística grega (Elstat), que reviu em alta, em mais uma décima, os números provisórios de março passado.

O consumo final aumentou 0,6% em vez de cair 0,2%, como a Elstat tinha calculado nos dados provisórios.

 

Na rubrica dos gastos, o aumento do consumo das famílias foi particularmente significativo, tendo crescido 0,9% em vez de 0,1% calculado inicialmente.

 

Por outro lado, os gastos do Estado recuaram menos do que o estimado em março, designadamente 0,4%, em vez de 1,1%.

 

As importações de bens e serviços aumentaram 7,1%, mais uma décima do que os dados provisórios, enquanto as exportações cresceram 6,8%, a mesma percentagem que a calculada em março.

 

Em contrapartida, os investimentos ficaram abaixo dos cálculos iniciais, ao aumentar 9,1% face a 2016, em vez da estimativa inicial de 9,6%.

 

A Elstat informou que nos cálculos definitivos se pode contar com uma série de dados que incluem um período de observação mais amplo do que o apresentado em março.

Partilhar