NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A pandemia obrigou muitas das empresas a reinventarem-se e a marcarem uma presença mais consolidada no digital, principal com as compras físicas mais limitadas, devido às restrições impostas pelos vários países.

O e-commerce, ou seja, a compra realizada através da internet, foi um dos setores que aumentou de forma explosiva durante a pandemia e, atualmente, os consumidores esperam encontrar online os produtos que desejam.

Para corresponderem às expetativas e diversificarem os seus pontos de venda, as marcas investem cada vez mais em lojas online, mas desenvolver boas práticas de e-commerce, lançar e manter uma loja online de sucesso pressupõe alguns passos.

 

A Páginas Amarelas, especialista em marketing digital, sugere às empresas como usar este meio para gerar (mais) vendas:

 

1. Gerir o stock: se procurar um produto e este não estiver disponível, é inevitável gerar algum grau de frustração. Controlar o stock diretamente através da plataforma de e-commerce ajuda as empresas a gerir a quantidade de produto disponível em cada momento e a evitar ruturas que comprometam as vendas;

 

2. Cativar pelas imagens: porque “os olhos também comem”, é essencial que o material fotográfico usado na loja online seja apelativo. O consumidor espera ver em detalhe o que vai comprar, logo, deve mostrar-se o máximo de informação sobre o produto nas fotografias publicadas;


3. Promover a loja:
 ter um e-commerce e não o publicitar é como abrir uma loja no piso -5 de um parque de estacionamento – ou se promove ou ninguém sabe que existe. Técnicas como o Search Engine Optimization e os anúncios targeted são bons aliados da divulgação dos negócios;

 

4. Responder ao cliente: no processo de venda digital é importante criar um meio de contacto dedicado a clientes, como um e-mail, mas também estar atento e responder às mensagens que chegam. Respostas rápidas e eficientes a todos os pedidos ajudam a uma boa imagem da loja online;

 

5. Usar canais complementares: aumentar os canais de venda online através de outros marketplaces, como Dott, Amazon, Ebay, reforça a capacidade do e-commerce das marcas. Ao tirar partido destes meios complementares, torna-se possível aumentar os canais de vendas online e potenciar a comercialização dos produtos.

Partilhar