NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

O Portugal Exportador acontece já esta quarta-feira, dia 23 de novembro, às 9h30, no Centro de Congressos de Lisboa. São esperadas mais de duas mil empresas no evento.

A inauguração do Portugal Exportador está marcada para quarta-feira, pelas 9h30, e conta com a presença do Secretário de Estado da Internacionalização, Bernardo Ivo Cruz, Presidente da Fundação AIP, Comendador Jorge Rocha de Matos, Presidente do Novo Banco, Mark Bourke.

 

O Portugal Exportador continua a ser o melhor marketplace físico para as empresas exportadoras nacionais e, como tal, dia 23 de novembro, no Centro de Congressos de Lisboa, empresas portuguesas, embaixadas, câmaras de Comércio, associações empresariais, startups e PME vão trabalhar com o propósito de dotar as empresas com ferramentas que as permitam criar oportunidades nos diferentes mercados de exportação.

 

O Portugal Exportador é uma iniciativa da Fundação AIP, organizada em parceria com o novobanco e a AICEP, que tem por objetivo debater os mercados de exportação e ajudar as empresas a iniciar e/ou diversificar a sua internacionalização.

 

Durante um dia, entre as 9 horas e as 19 horas, os visitantes podem participar em workshops e cafés temáticos, ter B2B meetings com Embaixadas e Câmaras de Comércio, assim como em web buyers de mercados como o da Alemanha, Brasil, Colômbia, México, Singapura, Reino Unido, entre outros. Trata-se de um evento nacional que disponibiliza ferramentas e proporciona contactos necessários às empresas que querem exportar e/ou iniciar o processo de internacionalização.

 

O Portugal Exportador irá possibilitar o contacto com potenciais fornecedores de serviços que ajudam as empresas a dar salto digital bem como promover a utilização de ferramentas como o diagnóstico de prontidão digital que compare as empresas em cinco dimensões digitais: Conectividade, Comércio eletrónico, Big data, Pagamentos e Segurança.

 

O Portugal Exportador faz parte da missão da Fundação AIP em ajudar as empresas portuguesas a expandirem o seu negócio para outros países, e há dezasseis anos que a sua realização consta da agenda das pequenas e médias empresas nacionais que querem iniciar e/ou diversificar o seu processo de internacionalização.

 

Este ano, Portugal Exportador apresenta várias novidades: o NURSEY LAB é a zona criada especificamente para empresas que pretendam dar os primeiros passos na exportação, com temáticas próprias, apresentação de case studies, empresas de importação e exportação interessadas em conhecer novos clientes, realização dos diagnósticos à exportação. Aqui neste espaço é importante definir o perfil de cliente do(s) mercado(s) onde a empresa vai atuar, bem como a calendarização da entrada do(s) produto(s) nesse(s) mesmos mercado(s) ter em consideração as particularidades dos mercados-destino e os obstáculos que poderão ser enfrentados e ainda adaptar o produto ou serviços às singularidades dos mercados alvo.

 

A segunda novidade está relacionada com o DIGITAL LAB, que pretende acelerar a adoção e incorporação de novas tecnologias e processos digitais nas pequenas e médias empresas (PMEs) equipando-as com as ferramentas e conhecimentos de forma a alavancar as exportações nacionais. Assim tem por objetivo promover a utilização de ferramentas como o diagnóstico de prontidão digital que compare as PMEs em cinco dimensões digitais (Conectividade, Comércio electrónico, Big data, Pagamentos e segurança), identificar soluções mais adaptadas às necessidades das PMEs e ainda contatar diretamente com potenciais fornecedores de serviços que as ajudariam a dar salto digital.

Partilhar