NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Entre janeiro e setembro de 2021, o Investimento Direto do Exterior em Portugal (IDE) foi de 4.880 milhões de euros, o que representa um aumento de 2.087 milhões de euros face a igual período do ano anterior. Os principais mercados de origem foram França, Espanha e Luxemburgo.

Por setor de atividade, os Serviços captaram 3.349 milhões de euros, com destaque para as atividades financeiras e de seguros, com 2.294 milhões de euros.

 

No final de setembro de 2021, a posição de IDE era de 157.570 milhões de euros, um aumento de 8,7 por cento relativamente a setembro de 2020. Espanha, Países Baixos, Luxemburgo e França registaram as maiores percentagens, enquanto o principal país extracomunitário foi o Reino Unido.

 

Quanto à variação líquida dos fluxos de Investimento Direto de Portugal no Exterior (IDPE), ascendeu a -62 milhões de euros, que significa um decréscimo de -1.672 milhões de euros comparativamente a 2020 (janeiro a setembro). Por países de destino, os Países Baixos, Reino Unido, Alemanha e Polónia observaram os maiores valores positivos.

 

No final de setembro de 2021, a posição de IDPE ascendia a 55.177 milhões de euros, uma variação de 5,9 por cento comparativamente a setembro de 2020. Por mercados de destino do IDPE, Espanha e os Países Baixos registaram as maiores percentagens. O principal país fora da União Europeia foi o Brasil.

Partilhar