NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Foi registado um volume de negócios de cerca de 911 milhões de euros, num acumulado de produção e indústria na fileira da carne de porco em Portugal. Os resultados do 1.º semestre foram divulgados pela Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores (FPAS).

As contas da Suinicultura portuguesa mostram ainda que este foi também o semestre com o melhor desempenho das exportações de sempre, de carne de porco e seus derivados. “Este é já considerado como o melhor período de sempre em termos de desempenho das exportações nacionais suinícolas”, pode ler-se no comunicado enviado pela Federação.

Em termos homólogos, Portugal aumentou o seu volume de negócios externos em 10,8%.

 

“Este crescimento da suinicultura portuguesa permitiu que, na primeira metade do ano, se atingisse, pela primeira vez, um saldo da balança comercial portuguesa inferior a 100 milhões de euros negativos, continuando a tendência ininterrupta de melhoria do SBC iniciada em 2019, com as importações semestrais em linha com as registadas nos anos anteriores”, explica a Federação.

 

Portugal foi o 12º país que mais exportou carne de porco para países terceiros no contexto da União Europeia no 1.º semestre.

Partilhar