NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

O Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) pretende angariar 10 mil milhões de dólares nos mercados financeiros internacionais no próximo ano para financiar a recuperação das economias africanas e ajudar a superar a crise pandémica, anunciou a instituição.

O programa de empréstimos a contrair pelo BAD de 2022 foi aprovado a 14 de dezembro pelo Conselho de Administração para um montante máximo de 10 mil milhões de dólares [8,9 mil milhões de euros], a serem obtidos nos mercados de capitais", lê-se numa nota enviada à Lusa.

 

De acordo com o comunicado de imprensa, o banco compromete-se "continuar a promover o desenvolvimento e aprofundamento dos mercados de capitais africanos através da emissão de dívida em moeda local para facilitar o financiamento das suas operações" nas moedas dos países onde financia os projetos.

 

O banco tem apostado na diversificação geográfica das fontes de financiamento, tendo no ano passado feito a primeira transação na bolsa de Londres, emitindo dívida no valor de 3 mil milhões de dólares, cerca de 2,6 mil milhões de euros, que serviu para financiar o combate à propagação da Covid-19.

Partilhar