NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A European Best Destinations destaca a segurança das praias portuguesas da Comporta, Porto Santo e Meia Praia.

O calor já chegou e despertou a vontade de fazer praia e mergulhar no mar. Apesar de alguma afluência nos últimos dias às zonas marítimas, os portugueses também mostram receio com uma eventual contaminação pelo novo coronavírus.

 

A European Best Destinations (EBD), organização que promove a cultura e o turismo na Europa, selecionou 10 praias europeias, três são portuguesas, situadas em localidades que reúnem critérios de segurança face ao vírus, como baixa taxa de contágio, dimensão do areal, oferta turística diversificada e qualificada, e proximidade de infraestruturas médicas.

 

Em Portugal, a EBD destaca as praias da Comporta, Porto Santo e Meia Praia. Mas há areais noutras paragens que também merecem o selo de segurança da organização. Entre ir para fora cá dentro ou viajar até à Grécia, Polónia ou Malta é tudo uma questão de escolha.

 

Comporta

 

O Alentejo é uma das regiões menos afetadas pelo coronavírus na Europa (até 600 vezes menos casos do que em qualquer outra região europeia). A praia da Comporta, a poucos quilómetros de Lisboa, pode ser uma boa opção, com o seu extenso areal. Esta localidade até a Madona já conquistou.

 

Porto Santo

 

A Madeira é a região menos afetado do país pelo novo coronavírus. A ilha principal do arquipélago é uma boa escolha para férias. Um pouco ao lado, estão as praias douradas e arenosas do Porto Santo, mundialmente conhecidas pelas virtudes terapêuticas das suas areias.

 

Meia Praia

 

Lagos é uma das cidades menos afetadas no Algarve, região que também não sentiu de forma grave a pandemia. A cidade tem um centro histórico muito aprazível e uma Meia Praia com cinco quilómetros de extensão, banhada por um mar temperado.

Partilhar