NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

O empréstimo saudita tem como objetivo a materialização da cidade industrial da Catumbela, província de Benguela, litoral sul de Angola.

A Arábia Saudita vai financiar com 110 milhões de dólares (cerca de 100 milhões de euros) a construção da cidade industrial da Catumbela, província de Benguela, litoral sul de Angola, adiantou esta quarta-feira o enviado especial do rei daquele país árabe.

 

Ahmed Bin Abbulazizi Kattan, conselheiro do Tribunal Real da Arábia Saudita, foi recebido em audiência pelo Presidente de Angola, João Lourenço, avançando à imprensa, no final do encontro, que “o Governo da Arábia Saudita tomou a decisão de conceder o empréstimo de 110 milhões de dólares ao Governo angolano”. Segundo o representante saudita, o empréstimo tem como objetivo a materialização da cidade industrial da Catumbela.

 

“Abordamos igualmente muitas questões importantes, nomeadamente como reforçar a nossa cooperação nos mais variados domínios”, disse o enviado especial do Rei da Arábia Saudita, salientando que também informou o chefe de Estado angolano, que deverá ser aberta, o mais breve possível, uma embaixada no país africano, de acordo com orientação do monarca.

 

No encontro, o Presidente angolano ficou também a saber como decorrem os preparativos da cimeira Arábia Saudita-África, que se realiza em novembro naquele país do Médio Oriente.

 

Angola e a Arábia Saudita, ambos os países produtores de petróleo, assinaram, em setembro de 2018, o Acordo Geral de Cooperação no domínio Técnico e Científico, a base de alavanca dos setores da formação de quadros e do desenvolvimento das ciências.

 

Em ECO

Partilhar