NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A comissão executiva da aicep Global Parques – Gestão de Áreas Empresariais e Serviços SA, composta por Filipe Costa (CEO), Silvino Malho Rodrigues (EVP) e Isabel Cardoso (EBM), visitou, no passado dia 21 de Novembro, a Plataforma Logística do Sudoeste Europeu, em Badajoz.

Atlântico, e permitirá o desenvolvimento no trânsito de mercadorias do mercado intercontinental e o surgimento de novas oportunidades para a ZILS – Zona Industrial e Logística de Sines e o Porto de Sines, frisou a aicep Global Parques, através de uma pequena nota comunicacional, ontem divulgada.

 

Neste contexto, recorde-se que o Governo espanhol autorizou, no passado dia 6 de Setembro, as obras do novo terminal de carga da Plataforma Logística do Sudoeste Europeu, situado em Badajoz. A ligação deste novo terminal à rede ferroviária também já tem luz verde. Com esse passo, os comboios passarão a poder executar as suas descargas directamente no futuro terminal, e não em San Fernando, como fazem actualmente. O investimento será de 12,1 milhões de euros e contará com um prazo de execução de 12 meses.

 

O anúncio de Setembro é tido como um impulso para a materialização do novo terminal, que é produto de um acordo firmado entre a estatal ADIF e a Junta da Extremadura. «O objectivo desta acção é a construção de um novo terminal ferroviário intermodal que ajude a promover o desenvolvimento do transporte ferroviário de mercadorias na Extremadura, com o objectivo de beneficiar as empresas do comunidade, através da diminuição de custos de importação e exportação de mercadorias», adiantaram, à data, as duas entidades, através de um comunicado conjunto.

 

Para o Ministério do Desenvolvimento de Espanha, a ligação ferroviária à chamada Rede Ferroviária de Interesse Geral e à rede portuguesa permitirá «o transporte de mercadorias pelo corredor do sudoeste europeu, promovendo a libertação deste mercado e a integração de novos operadores ferroviários na Extremadura que aumentam as opções no nível logístico».

Partilhar