NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Depois da participação recorde na última edição e da troca do aeroporto pelo espaço mais amplo da Exponor, a edição 59 da mais antiga exposição têxtil na Península Ibérica está pronta para o arrancar e o número de inscrições surpreende até os organizadores.

A três semanas da abertura de portas, o salão MODTISSIMO já está em overbooking e promete mais um encontro memorável para a família portuguesa e europeia do têxtil e vestuário.

 

Agendado para 16 e 17 de fevereiro, a grande novidade é a mudança para a Exponor, que resulta sobretudo das limitações de espaço no Aeroporto do Porto, onde tem decorrido a primeira das suas duas edições anuais. Como explicou a organização, desde fevereiro de 2020 que o volume de crescimento, quer em número de expositores, quer em área útil ocupada, tornou inviável a possibilidade de regresso ao aeroporto sem deixar de fora muitos dos expositores.

 

A opção pela Exponor representa não só o regresso ao lugar onde tudo começou, mas traz também várias outras vantagens. Desde logo a possibilidade de reunir todos os expositores e todos os fóruns informativos na mesma área, o renovado Pavilhão 5 da Exponor, com 6.000 m2. A Exponor dispõe também de melhores acessibilidades e de muito maior facilidade no estacionamento para expositores e compradores, que é gratuito.

 

Com a mudança veio também uma nova modalidade de participação, que dá aos expositores a possibilidade de aptarem pelo tradicional stand-tipo ou o stand-livre, que disponibiliza apenas a área, alcatifa e electricidade, atraindo assim uma maior diversidade de expositores.

 

No lançamento desta edição, Manuel Serrão, CEO da ASM, a entidade organizadora, afirmava contar com o apoio de todos “para fazer o maior e melhor MODTISSIMO de sempre”. Um feito que depois de uma edição recorde em outubro passado à partida se mostrava difícil,  mas parece agora cada vez mais próximo de se concretizar.

Partilhar