NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

O Santander é um dos interessados na compra do negócio de retalho do Citigroup no México, sob a marca Banamex. A elevada rentabilidade oferecida pelo negócio no país e a escalada das taxas de juros pelo Banco do México para conter a inflação tornam este num negócio atrativo para a empresa.

Uma possível aquisição por parte do Santander poderia melhorar o seu lucro no país em mais de 66%, o que representaria um encaixe de cerca de 600 milhões de euros, segundo analistas da Nau Securities.

 

O volume de negócios no país pode aumentar até 1.500 milhões de euros por ano no México para o Santander, posicionando-o como concorrente principal do BBVA no país, este que tem uma participação de mercado de 24% do volume de crédito.

 

O México representa atualmente cerca de 10% do lucro atribuído do Santander, embora com a possível compra do Banamex possa tornar-se a segunda maior subsidiária do grupo, a seguir ao Brasil.

 

De acordo com a Bloomberg, o Citigroup pretende vender o seuos analistas considerem o valor bastante alto.

 

Outros concorrentes à compra são os bancos mexicanos Banorte e Scotiabank, ou ainda o banco brasileiro Itaú Unibanco, que já manifestou interesse em adquirir o Banamex há seis anos.

Partilhar