NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

As candidaturas à 5ª edição do prémio promovido pela Altice Portugal decorrem até 23 de setembro e destinam-se a empreendedores e startups em fase de incubação mas também a estudantes de mestrado e doutoramento.

Estão em jogo prémios no valor de 75 mil euros, com as startups a candidatarem-se a um prémio monetário no valor de 50 mil euros e a possibilidade de fazer  uma prova de conceito com o grupo Altice, com a duração mínima de 9 meses. No prémio destinado à academia o valor é de 25 mil euros para distinguir o melhor trabalho de mestrado ou doutoramento.

 

Este ano há ainda destaque para a área da responsabilidade social e por isso a Fundação Altice será parte integrante da 5ª edição, com o prémio “Inclusive by Fundação Altice”, no valor monetário de 15 mil euros.

 

O prémio “Inclusive by Fundação Altice” tem como objetivo “premiar os trabalhos que visem a disponibilização de tecnologias de informação e comunicação e de soluções tecnológicas de acessibilidade ao serviço dos cidadãos, particularmente dos que são portadores de necessidades especiais”, explica a empresa.

 

A Agência Nacional de Inovação (ANI) volta a juntar-se aa esta iniciativa para atribuir a distinção Born from Knowledge (BfK) ao melhor projeto finalista "nascido do conhecimento" que resulte de atividades de investigação e desenvolvimento (I&D), valorizando o conhecimento científico e tecnológico nacional.

 

As candidaturas podem ser feitas online até dia 23 de setembro através do site da iniciativa. Os vencedores vão ser revelados em novembro, depois de uma avaliação do júri constituído por membros do meio tecnológico e representativo de diferentes sectores da sociedade.

Partilhar