NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A Avicasal deverá fechar 2019, ano em que celebra o 45.º aniversário, com um volume de negócios superior aos 55 milhões de euros, o que representa um crescimento de cerca de 10% face a 2018.

“A estratégia da Avicasal para 2020 é continuar a crescer e obter um crescimento de 10%, nomeadamente no mercado externo, fazendo aumentar o volume de negócios do grupo Soja de Portugal, que atualmente se situa nos 162 milhões de euros e com uma quota de exportação de 25%”, disse à agência Lusa o presidente executivo do grupo, António Isidoro.

 

A Avicasal começou a sua atividade em São Pedro do Sul (terra natal dos fundadores e anteriores acionistas), em novembro de 1974, numa altura em que o setor avícola se encontrava em expansão e a procura pela carne de aves estava a crescer a um ritmo muito elevado.

 

Atualmente, é o maior empregador privado de S. Pedro do Sul, com mais de 250 colaboradores diretos e 150 indiretos. Conta também com duas plataformas logísticas, uma em Pinhel e outra na Trofa, e é detentora da Sociedade Avícola do Freixo e da Granja Avícola de S. Tiago, também elas no setor avícola e no mesmo concelho do distrito de Viseu.

 

António Isidoro avançou que o objetivo é “aumentar e diversificar os canais de distribuição, quer a nível nacional, quer a nível internacional”, atendendo a que a carne de aves é um produto que deve ser comercializado fresco, sendo “um desafio fazer com que o mesmo mantenha a qualidade” até chegar aos consumidores.

 

“Estamos já em processo de alargamento da capacidade produtiva da Avicasal e das empresas de produção avícola, em São Pedro do Sul e não só, representando um investimento superior a dez milhões de euros no triénio de 2019 a 2021”, afirmou, considerando que só assim a Avicasal conseguirá “continuar a satisfazer o mercado e a crescer”.

 

Com estes investimentos e com o crescimento expectável que os mesmos representarão, António Isidoro prevê “um aumento do quadro de pessoal na ordem dos 15%”, no qual se incluem quadros técnicos especializados, sendo São Pedro do Sul “o concelho onde tal terá mais impacto”.

 

A produção e comercialização de carne de aves é a principal área de negócio da Avicasal. No entanto, ao longo dos anos, a oferta foi sendo diversificada.

 

“A nossa intenção é a de que os nossos clientes possam encontrar junto de nós um portefólio de produtos que vá ao encontro das suas diferentes necessidades. Acreditamos que, por esta via, aliada à qualidade dos nossos produtos e ao nível de serviço que prestamos aos nossos clientes, tendo presente a nossa política de sustentabilidade e as sinergias no ciclo de produção, conseguimos distinguir-nos no mercado”, frisou.

 

António Isidoro considera que a estratégia está a resultar, como provam os prémios Escolha do Consumidor, recebido em 2018 e 2019, e Sabor do Ano, em 2016 e 2019.

 

“Estes 45 anos simbolizam o crescimento, a inovação e a afirmação num mercado interno e externo cada vez mais exigente e competitivo, sendo que os resultados alcançados nos levam a acreditar que estamos no caminho certo, com a carne de aves a ser o grande motor desta empresa”, acrescentou.

 

Recentemente, a Avicasal passou a ser uma empresa certificada pela norma internacional IFS Food (International Featured Standards), que é atribuída a empresas de produtos alimentares que cumprem exigentes requisitos de segurança alimentar e controlo produtivo.

 

A Avicasal iniciou o seu processo de exportação há cerca de 15 anos e, atualmente, leva os seus produtos até uma dezena de países.

 

“O nosso principal mercado é o espanhol, que foi o primeiro a receber os nossos produtos”, referiu o responsável, acrescentando que também exporta para alguns países com forte presença da comunidade portuguesa.

 

O grupo Soja de Portugal, que celebrou no ano passado o seu 75.º aniversário, engloba algumas das mais relevantes empresas do setor agroindustrial português, como a Sorgal, a Avicasal e a Savinor. Tem instalações em vários pontos do país, entre os quais Trofa, Ovar, Pinheiro de Lafões, São Pedro do Sul, Vouzela, Pinhel e Torres Novas.

Partilhar