NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Os dez aeroportos portugueses geridos pela ANA/Vinci atingiram nos primeiros nove meses deste ano um crescimento médio de passageiros em 7%, que significa um aumento de três milhões, com o qual somam 45,886 milhões.

O Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, é o que tem o crescimento médio mais forte, com uma subida em 10,5%, seguido pelo Aeroporto João Paulo II, em Ponta Delgada, com +7,1%, e Humberto Delgado, em Lisboa, com +7%.

 

O aeroporto da capital é no entanto o que tem o maior aumento de passageiros nos primeiro nove meses deste ano, com mais 953,4 mil que no período homólogo de 2018, atingindo um total de 23,8 milhões, que é um recorde para este período do ano.

 

O segundo maior aumento é o que ocorre no Porto, que está com mais 953,4 mil passageiros que há um ano, ultrapassando os dez milhões em nove meses, com um total de 10,052 milhões.

 

Faro tem o terceiro maior aumento, mas já distante das subidas ocorridas em Lisboa e no Porto, com mais 322,4 mil (+4,5%, para 7,437 milhões) e seguem-se Ponta Delgada e Funchal, respectivamente com mais 107,8 mil (+7,1%, para 1,62 milhões) e com mais 29,5 mil (+1,2%, para 2,475 milhões).

 

De acordo com uma informação da ANA a que o PressTUR teve acesso, em Setembro seis aeroportos portugueses atingiram novos recordes de passageiros para um mês de Setembro.

 

Os recordes ocorreram em Lisboa, com 2,955 milhões, +7% que no mês homólogo de 2018, no Porto, com 1,252 milhões, +10,6% que há um ano, Ponta Delgada, com 208,5 mil, a crescer 4,8%, Horta, com 27,3 mil, +0,9% que há um ano, Flores, com 9,5 mil, a crescer 14,5%, e Porto Santo, com 22,7 mil, a crescer 3,4%.

 

Em Setembro os aeroportos portugueses geridos pela ANA/Vinci somaram 5,872 milhões de passageiros em 40,6 mil movimentos (aterragens e descolagens), com aumentos respectivamente em 6,7% e em 2,1%.

Partilhar