NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A economia marroquina deverá registar um crescimento de 3,2% em 2022, segundo a actualização do documento “Perspectiva Económica Global” do Banco Mundial, de 11 de janeiro de 2022.

A região do Médio Oriente e o Norte de África experimentaram uma vigorosa recuperação económica no segundo semestre de 2021, tendo a produção subido para níveis pré-COVID-19 em vários países, embora de forma desigual, em função da gravidade e dos efeitos da pandemia.

 

Marrocos, neste contexto, viu o seu PIB crescer 5,3%, em 2021, após uma contracção de -6,3%, em 2020. Para o primeiro trimestre de 2022,  o Haut-Commissariat au Plan estabelece um crescimento do PIB marroquino de 2,8%, dada as previsões da quebra do valor acrescentado agrícola de 4,5% e do crescimento de 3,4% para as atividades não agrícolas.

 

À medida que os sectores intensivos recuperam e as reduções na produção de petróleo recuam, de entre outros factores, prevê a mesma fonte que o crescimento na Região MENA acelere para 4,4%, em 2022, e 3,4% em 2023.

 

Já a revista  LAVIEéco.ma põe a tónica nos riscos de desaceleração da actividade económica na Região MENA, fruto dos novos surtos de COVID-19, considerando que apenas menos de dois quintos da população se encontra totalmente imunizada na região, assim como dos altos níveis de dívida de alguns países e dos conflitos latentes.

Partilhar