NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A Câmara de Comércio Americana em Portugal vai organizar a 2ª edição do Transatlantic Business Summit, dia 6 dezembro, na Culturgest. No evento estarão presentes líderes empresariais de todo o mundo.

O Transatlantic Business Summit (TBS) está de regresso para uma segunda edição, que se realizará no dia 6 de dezembro. O evento, organizado pela Câmara de Comércio Americana em Portugal (AmCham Portugal), vai decorrer durante todo o dia (das 8h30 às 17 horas), na Culturgest.

 

Ao todo, 37 líderes empresariais, decisores e oradores de referência, vão estar reunidos no TBS para, com diferentes abordagens, ajudarem a perceber e refletir sobre como o tecido empresarial se pode preparar para responder aos múltiplos desafios que se apresentam, com um olhar nas relações cada vez mais globais, em particular nas relações transatlânticas.

 

A iniciativa conta com um programa extenso e diversificado, com quatro mesas redondas sobre “Risks & Security Development”, onde serão colocadas em debate as questões e temas cada vez mais emergentes que surgem da transformação das economias, tais como Pessoas, Supply Chain, Distribuição-Logística Energia, o Negócio e a Transição Digital.

 

Na mesa sobre “Pessoas”, José Miguel Leonardo, CEO da Randstad, Lígia Cabeçadas, Diretora de RH da IBM, Manuel Maria Correia, Diretor Geral da DXC Technology e Paulo Teixeira, Country Manager at Pfizer vão debater questões como a atração, retenção e engajamento de talentos; pandemias; saúde mental e esgotamento; mudança da natureza de trabalho; as novas gerações entre outros.

 

Já na mesa sobre “Supply chain, Distribuição e Logística e Energia”, Nuno Rangel, CEO e Vice-presidente da Rangel Logistics Solutions, José Ferrari Careto, Presidente do Conselho Executivo da E-REDES e Thomas Hegel Gunther, Plant manager and Chairman of the Board of Directors of Volkswagen Autoeuropa, vão conversar sobre alterações de padrões consumo; custos; pandemias; guerra; tecnologia; sustentabilidade; escassez de materiais, entre outros, tendo o Nuno Abreu, Diretor Executivo da AON como moderador.

 

À tarde, e na mesa sobre o “Negócio”, Isabel Vaz, Presidente da Comissão Executiva do Grupo Luz Saúde, Pedro Morais Leitão, Administrador-delegado do Grupo Media Capital e Rodolfo Lavrador, General Manager and Head o International Business and Relations na CGD vão analisar temas como riscos e incerteza; inflação; recuperação; legal & compliance; o mercado; custos operacionais, estando a moderação a cargo de André Veríssimo, redator principal do ECO.

 

E, por fim, na mesa sobre “A Transição Digital”, Anna Barker, Cisco Customer Experience Centers Director, Honoré Nyuyse, Technology Manager – US Department of Homeland Security, Office of Science and Engineering, Pedro Lomba, Sócio da PLMJ, Coordenador da área de Tecnologia, Media e Telecomunicações e Pedro Barbosa Diretor Geral da Multicert e responsável pelo serviço de cibersegurança da SIBS (o SIBS CyberWatch) vão debater questões como a privacidade de dados; a transição digital; velocidade da aceleração e cibersegurança.

 

Haverá, ainda, uma conversa sobre a transformação digital como motor do crescimento e do reforço das relações transatlânticas entre Nuno Gonçalves, Partner e Global Consulting Emerging Tech and Inovation Leader at Deloitte, e Rogério Carapuça, Presidente da APDC, na qual irão partilhar as suas ideias e reflexões sobre o tema.

Luiz de Mello, Diretor da Secção de Estudos Políticos do Departamento de Economia da OCDE, e Paulo Medas, Chefe de Divisão no Departamento de Assuntos Fiscais do FMI e supervisor do Monitor Fiscal do FMI, também irão intervir no TBS com os seguintes tópicos – “The outlook for the global economy: Dealing with headwinds” e “Fiscal Policy in an Era of Turbulence”, respetivamente.

 

O impacto da guerra nas relações transatlânticas

 

Tendo em conta que o tema do TBS se relaciona com relações transatlânticas, o tema da guerra entre a Rússia e a Ucrânia não poderia ficar de fora. Por isso mesmo, paralelamente ao evento, e em colaboração com a embaixada ucraniana, vão estar presentes no hall da Culturgest, oito a 10 empresas ucranianas para se darem conhecer e explorarem eventuais formas de colaboração com empresas portuguesas e americanas presentes no Summit.

 

Além disso, Joseph P. Quinlan, co-autor do estudo “The Transatlantic Economy Annual Survey”, publicado desde 2004, irá abordar o mesmo tema com o mote “The Transatlantic Partnership in an Era of uncertainty – The key challenges before the transatlantic economy— the war in Ukraine, raging inflation, China decoupling—and how the partnership and thrive in the tumulotus decade ahead”.

 

Ainda no mesmo tema, Daniela Braga, presidente da DefinedCrowd e membro da Task Force National “Artificial Research Resource” também irá intervir para ajudar a perceber o futuro da comunicação e da vivência entre Homens e máquinas, mas também como aproximar a competitividade europeia na área da inteligência artificial (IA) à dos Estados Unidos.

 

O evento conta, ainda, com comunicações do Embaixador de Portugal nos EUA, Francisco Duarte Lopes, da Deputy Chief of Mission US Embassy, Rebecca Neff, do Senhor Secretario da Internacionalização, Bernardo Ivo Cruz e do Presidente da AICEP Luis Castro Henriques.

 

O fecho do Transatlantic Business Summit ficará a cargo de António Martins da Costa, presidente da AmCham Portugal. Os interessados em assistir ao evento deverão inscrever-se aqui.

Partilhar