NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Dia Nacional de Portugal na Expo 2020 será a 14 de janeiro. Data é antecedida por um seminário empresarial para atrair investimento. No dia há também o lançamento das edições em árabe de “Os Lusíadas” e a “Mensagem”.

Serão dois dias para celebrar e atrair investimento e visitantes para Portugal. A assinalar o Dia Nacional de Portugal na Expo 2020, no Dubai, o comissariado português organizou iniciativas que cobrem dois dias e que mostram a cultura, mas tentam também cativar investimento económico.


 

Será já na quinta-feira, dia 13, a anteceder o Dia de Portugal na Expo, que terá lugar um seminário económico de promoção de Portugal como destino de investimento. Em comunicado, a representação portuguesa indica que o “Portugal Business Briefing” é um encontro “empresarial para apresentar Portugal na sua dimensão de comércio e investimento”.

 

A abertura estará a cargo do secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, Francisco André. Marcam também presença no evento o presidente da AICEP e comissário-Geral de Portugal para a Expo 2020 Dubai, Luís Castro Henriques, o administrador do INESC TEC, José Carlos Caldeira, e o presidente da Siemens Portugal, Pedro Pires de Miranda.

 

Também no dia 13, “haverá ainda a comemoração dos 116 anos da Livraria Lello”, explica o comunicado, acrescentando que, nesta ocasião, serão lançadas as edições em árabe de “Os Lusíadas”, de Luís de Camões, e a “Mensagem”, de Fernando Pessoa. Será também lançado um postal comemorativo da participação portuguesa na Expo 2020 Dubai, feito pelos CTT.

 

Portugal a dar música

 

O programa anuncia-se como “repleto de espetáculos e atuações musicais em comemoração da cultura portuguesa”. Para sexta-feira, dia 14, em que se celebra o Dia Nacional de Portugal na Expo, o comissariado português prevê diversas atuações.

A cerimónia oficial terá início às 10h15 locais, 6h15 em Lisboa na praça Al Wasl. Lado a lado, estarão as delegações de Portugal e dos Emirados Árabes Unidos que assistem ao hastear da bandeira, o toque do hino de nacional e os discursos oficiais de altos representantes.

 

A fechar a cerimónia haverá um momento musical com guitarra portuguesa, “tocada por António Chainho e Marta Pereira da Costa, seguido de uma atuação com Teresa Salgueiro”, indica o comunicado da representação lusa.

 

O programa sublinha que Marta Pereira da Costa é a única mulher guitarrista de fado do mundo e que com António Chainho representará um “dueto intergeracional” que será seguido pela atuação da reconhecida cantora Teresa Salgueiro

“O Dia de Portugal será sem dúvida o auge da participação portuguesa na Expo 2020 Dubai. O programa cultural e económico que temos previsto pretende celebrar o melhor do nosso país, da nossa cultura e do nosso talento, e acaba por refletir o objetivo que queremos ver cumprido neste grande evento mundial: dar notoriedade a Portugal no Mundo e, em especial, na região do Médio Oriente”, refere o comissário de Portugal, Luís Castro Henriques.

 

Ao final do dia, para as 18h locais no Jubilee Stage, um dos palcos principais da feira, está previsto “o espetáculo de música e multimédia Al Qantara (que significa “ponte” em árabe), criado exclusivamente para este dia”, explica o comissariado que acrescente que neste concerto será estreada “a composição Al Qantara, da autoria de Teresa Salgueiro e do músico Fred Ferreira”. A este espetáculo juntar-se-ão as guitarras portuguesas de António Chainho e Marta Pereira da Costa e o grupo Retimbrar.

 

No Pavilhão de Portugal, ao longo destes dias, estará presente o sketcher urbano Tomás Reis. Em comunicado, o comissariado explica que irá “criar um registo único da experiência de visita à Expo 2020 Dubai, e um caderno ilustrado para relembrar o Dia de Portugal, naquela que é a primeira feira mundial realizada no Médio Oriente”.

Partilhar