NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Catedrática na Universidade de Coimbra, Mariette Pereira tem o seu nome ligado ao desenvolvimento de catalisadores assimétricos e sensibilizadores baseados em macrociclos tetrapirrólicos para aplicações em Biomedicina e catálise ambiental.

A Universidade húngara de Pécs, atribui o grau de Doutor Honoris Causa à professora do Departamento de Química da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, Maria Miguéns Pereira, ou Mariette Pereira, nome porque é conhecida na academia, esta quinta-feira, 9 de novembro.
 

Doutorada em Química Orgânica pela Universidade de Coimbra em 1992, Mariette Pereira foi investigadora assistente na Universidade de Liverpool, em 1993, e na Universidade Autónoma de Barcelona, entre 1997 e 1998. Até 2015 dirigiu o Laboratório de Investigação Química da Luzitin Lda, uma spin-off farmacêutica. Atualmente, é professora Catedrática da Universidade de Coimbra e tem mantido laços estreitos com a Universidade de Pécs.

 

Mariette Pereira desenvolve investigação para o desenvolvimento de catalisadores assimétricos e também de sensibilizadores baseados em macrociclos tetrapirrólicos para aplicações em Biomedicina e catálise ambiental. Conta com a publicação de mais de duas centenas de artigos em revistas internacionais, três livros e 25 capítulos de livros e o seu nome está envolvido em seis patentes mundiais. Em 2022, foi distinguida com o Prémio Tremplin-Mariano Gago, pela Academia Francesa das Ciências.

 

Em O Jornal Económico

Partilhar