NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

O álbum 'Beethoven, Luiz Costa', do pianista português Artur Pereira, foi considerado o segundo melhor álbum de música clássica de 2021 pela publicação alemã Orchestergraben.

Na lista de cinco títulos selecionados, o álbum do pianista português foi considerado "a surpresa do ano", em particular a interpretação "deslumbrante" da Sonata para Piano em F Menor, conhecida por 'Appassionata'.

 

O crítico Kai Germann considera que "raramente esta sonata soou tão poderosa e carismática".

 

Editado em agosto de 2020, o álbum inclui a 'Appassionata', de Beethoven, e 'Poemas do Monte', do compositor português Luiz Costa (1879-1960).

 

"É uma maravilha ver tanto trabalho reconhecido, especialmente por parte do álbum conter música de um compositor português. Foi uma aposta arriscada, mas está a valer a pena", disse o pianista português à agência Lusa.

 

O disco faz parte de um projeto de Artur Pereira de gravar as todas as 35 sonatas para Piano de Beethoven de acordo com "práticas concertísticas da altura" nos próximos cinco anos.

 

Nascido em Lamego, Artur Pereira reside desde 2008 em Manchester, onde é professor na universidade local, além de manter uma carreira como solista e músico de câmara.

 

No início do ano publicou 'Beethoven's Dedications - Stories Behind the Tributes' ('Dedicatórias de Beethoven - Histórias por Detrás das Dedicatórias'), um livro com mais de 400 páginas sobre Beethoven (1770-1827), cuja obra se tem dedicado a investigar.

Partilhar