NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Este valor irá assim superar os dez mil milhões de euros verificados antes da pandemia. Mais de 60% dos inquiridos assumem pagar mais por destinos e fornecedores com uma oferta sólida em matéria de sustentabilidade.

O sector do turismo global deverá atingir os 15 mil milhões de euros em 2027, superando assim os dez mil milhões de euros que registou antes da pandemia, segundo os dados do estudo ‘Sustainable Tourism: An Untapped Opportunity for Green Growth’ da consultora Bain & Company.

 

Este estudo teve por base viajantes da Europa, do Médio Oriente e da China, sendo que 66% inquiridos assumem pagar mais por destinos e fornecedores (companhias aéreas, hotéis, restaurantes e empresas turísticas) com uma oferta sólida em matéria de sustentabilidade.

 

De resto, 30% dos participantes neste estudo apontam a sustentabilidade como um fator “extremamente importante”, não só nas viagens e lazer, como no seu dia-a-dia.

 

Por outro lado, 73% dos inquiridos esperam que a sustentabilidade seja ainda mais importante nos próximos cinco anos.

 

“Por este motivo, a Bain & Company considera que os países mais turísticos e os diferentes intervenientes no setor terão de ampliar a sua oferta de produtos e serviços sustentáveis para satisfazer as exigências e preferências dos consumidores”, indica a consultora.

Partilhar