NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

No palco do Portugal Digital Summit, AICEP, CI&T Atlantic Hub e IBM Consulting Portugal realçam a importância das plataformas digitais para as pequenas e médias empresas.

Existem atualmente soluções e ferramentas tecnológicas que podem apoiar as pequenas e médias empresas (PME) a acelerarem o seu processo de digitalização, assim como a entrarem em novos mercados. No palco do Portugal Digital Summit, AICEP, CI&T Atlantic Hub e IBM Consulting Portugal explicam como estão a impulsionar outras empresas através de plataformas digitais.

 

Como detalha Luís Castro Henriques, presidente do Conselho de Administração da AICEP, do total de 235 centros de serviços partilhados da agência, 115 são polos de desenvolvimento de competências tecnológicas, a vasta maioria a ter vindo para Portugal nos últimos quatro anos. “Todo este universo já representa mais de 70 mil postos de trabalho”, com mais de 40 mil só na área da tecnologia, indica.

 

“É impressionante ver como este setor consegue também atrair pessoas que vêm de fora” para Portugal, realça o responsável. “Nestes últimos quatro anos temos recebido cerca de cinco mil pessoas vindas de fora para a área tech”, mas também há “boas notícias” no talento produzido no país.

 

No ano passado, “já exportávamos mais de dois mil milhões de euros de serviços de TIC e, à data de hoje, exportamos mais de 3,2 mil milhões de euros (...) se formos olhar para a balança como um todo, já começa a ser um resultado muito visível e muito relevante nas nossas exportações”, afirma Luís Castro Henriques.

Miguel Frasquilho, Managing Director for Southern Europe da CI&T, realça que, durante a pandemia, “o online acabou por ser uma alternativa” para as empresas e, “quem não se socorreu dele acabou por sofrer algumas dificuldades”, pois “as plataformas digitais podem ser catapultadoras de negócios à escala global”.

 

O RESPONSÁVEL DEFENDE QUE “AS PLATAFORMAS DIGITAIS PODEM MUDAR A VIDA DAS ORGANIZAÇÕES E TRAZER MAIS VALOR PARA CLIENTES E CONSUMIDORES”, PERMITINDO UMA DEMOCRATIZAÇÃO NO ACESSO A MERCADOS MAIORES, SOBRETUDO PARA AS PME, ALÉM DE UM AUMENTO NO VOLUME DE NEGÓCIOS.

 

Portugal pode ser uma ponte para o mercado europeu para empresas estrangeiras, como aquelas que vêm do Brasil, e esta é uma das missões da Atlantic Hub que, como explica Eduardo Migliorelli, Co-Fundador e Presidente Executivo, se compromete a “ligar o ecossistema luso-brasileiro de negócios”, já tendo trazido para Portugal mais de 120 empresas brasileiras.

 

Em Portugal a IBM também se centra na criação de uma plataforma de negócios para cooperar com as empresas do país e acelerar a evolução tecnológica e ajudá-las a atingir as suas metas, como realça Pedro Dias da Silva, Account Executive Retail Sector da IBM Consulting Portugal. 

 

“Temos de falar da proposta de valor que as empresas têm para oferecer, das pessoas que têm e temos de trabalhar num ecossistema para criarmos estas plataformas tecnológicas” e tirar partido delas, afirma o responsável.

O Portugal Digital Summit está a decorrer de 17 a 21 de outubro, e o SAPO e o SAPO TEK são parceiros de media do evento. A transmissão online pode ser acompanhada no website do evento, através do SAPO ou na posição #410 nos operadores de televisão MEO e NOS e ou #435 na Vodafone.

Partilhar