NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A ferramenta Market Finder já está disponível no mercado português, com o objetivo de ajudar as empresas nacionais a identificarem possíveis novos clientes e trabalhar na internacionalização.

A partir desta terça-feira, a tecnológica Google tem disponível no mercado português a ferramenta Market Finder, direcionada para as pequenas e médias empresas (PME), virada para a internacionalização destas empresas. Através desta ferramenta gratuita, as PME portuguesas podem ter acesso a dados para identificação de novos clientes, traçar planos e criar uma estratégia para fazer crescer as exportações online. Além disso, na página criada para o efeito é também possível aceder a guias, vídeos e dicas para as empresas darem os primeiros passos no mercado de exportações.

A ideia é que os responsáveis das PME possam inserir o respetivo site na ferramenta e consultar qual a análise que é feita: quais os mercados de exportação mais indicados para o produto ou serviço ou o número de pesquisas mensais que são feitas no Google para determinado produto, por exemplo.

Já numa segunda fase, mais ligada ao planeamento, existem guias e dicas para comunicar de forma mais eficaz em possíveis mercados-alvo ou recursos de formação em marketing digital para garantir que os utilizadores que procuram a sua empresa a possam encontrar. Um dos exemplos dados é a criação de campanhas de anúncios que sejam eficazes e ajustadas ao mercado escolhido através de uma série de estudos de caso, guias e vídeos disponíveis.

Luís Castro Henriques, presidente do conselho de administração da AICEP, aponta que a tecnológica, em parceria com a AICEP, "apresenta uma ferramenta que será sem dúvida de apoio para que as empresas portuguesas possam alcançar mais e melhores exportações." "Estou certo de que o Market Finder, em complemento com as ferramentas e apoio que a AICEP disponibiliza, será uma ajuda prática para as empresas portuguesas prepararem da melhor forma possível a sua entrada em novos mercados externos, conhecer melhor os seus potenciais clientes e, acima de tudo, os mecanismos de comunicação online mais eficazes para cada geografia."

Partilhar