NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

O valor resulta de uma combinação de capital de risco e entradas em bolsa por via de SPAC, veículos cotados que têm o único propósito de adquirirem outras empresas.

Os investidores financiaram a mobilidade aérea de próxima geração em 4,3 mil milhões de dólares nos oito primeiros meses do ano, um montante recorde que representa um aumento de 83% em cinco anos.

 

Este valor foi atingido através de uma combinação de capital de risco e entradas em bolsa por via de SPAC, veículos cotados que têm o único propósito de adquirirem outras empresas, segundo dados da consultora empresarial McKinsey.

 

Ainda que considere que esta indústria tem um futuro promissor, Peter Harrop, presidente da consultora tecnológica IDTechEx, citado pelo Financial Times, avisa que milhares de milhões de dólares foram investidos por pessoas que “querem o dinheiro fácil de encontrar a próxima Tesla”. Peter Harrop nota que, de momento, há empresas que “ainda não têm um produto a vender o sonho”, mas que já angariam milhares de milhões.

 

No entanto, há sinais de que a exuberância do mercado pode estar a diminuir, à medida que várias startups de táxis aéreos de grande visibilidade, como Lilium, Archer e Vertical Aerospace, se preparam para irem para a bolsa este ano.

Partilhar