NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A startup Visor.ai foi selecionada pela Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP) e pela SOSA para integrar o programa acelerador de Fintechs em Nova Iorque, juntamente com outras quatro empresas portuguesas.

O Portugal Tech NYC consiste num programa que visa ajudar fintechs portuguesas a desenvolver planos de expansão para Nova Iorque, EUA, durante quatro meses.

 

Numa nota enviada à imprensa esta segunda-feira, Gonçalo Consiglieri, cofundador da Visor.ai, comenta a participação no programa e sublinha que “é uma oportunidade imperdível poder experienciar uma nova realidade”.

 

A iniciativa prevê a realização de um leque de workshops e sessões de mentoria para o desenvolvimento de produtos adequados ao target norte-americano.

 

“Esta iniciativa é um sinal claro do compromisso da AICEP em fomentar o crescimento de empresas portuguesas nos mercados internacionais”, comentou João Mota Pinto, Delegado da AICEP em Nova Iorque,

 

A parceria decorre com o objetivo de promover a criação de soluções inovadoras de fintech e insurtech em áreas como banca e finanças, gestão omnicanal de experiência de cliente, transformação digital, IA, automação de captura de dados, jornada digital e otimização de processos empresariais, explica a startup portuguesa no mesmo comunicado, referindo ainda que “o programa pretende abordar as especificidades do ecossistema de tecnologia norte-americano para que as fintechs com ADN português se sintam motivadas a entrar no mesmo”.

 

A Visor.ai recorre à inteligência artificial para automatizar as interações mais comuns no serviço ao cliente na banca e seguros, como comunicações em chat, email e voz, garantindo uma taxa de resolução de problemas comunicacionais até 70%, sem intervenção humana.

Partilhar