NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A fileira da aeronáutica em Marrocos, com 20 anos de existência, apresenta-se como uma plataforma de classe mundial, com atores e construtores de referência, assim como com cadeias de valor consolidadas, de acordo com o jornal l’Économiste.

Contudo, a crise pandémica veio criar desafios a este ecossistema, sobretudo em termos de diversificação da sua produção, para ir ao encontro de outras componentes de maior valor acrescentado, como por exemplo, o motor ou as evoluções de carácter ambiental.

 

Neste contexto, Ryad Mezzour, Ministro do Comércio e Industria de Marrocos, afirmou que a ambição do país se centra agora no posicionamento de Marrocos enquanto ator de referência na propulsão da economia verde, do desenvolvimento de I&D, e da engenharia, através da atração de novos centros e de novos programas com as universidades e centros de investigação, levando, assim, o país mais longe e de forma integrada, em matérias de investigação e de tecnologia.

 

As empresas portuguesas ligadas à fileira da aeronáutica deverão começar a olhar para Marrocos como uma oportunidade de extensão dos seus negócios, podendo contar, para o efeito, com o apoio da delegação da AICEP no mercado.

Partilhar