NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

O Aeroporto do Porto concentrou cerca de 63% do aumento de passageiros em voos entre Portugal e Espanha, de acordo com dados dos aeroportos portugueses e espanhóis a que o PressTUR teve acesso, os quais indicam um aumento no Aeroporto Francisco Sá Carneiro em 31,1% ou cerca de 490 mil.

Esse aumento corresponde a cerca de 40% do aumento de passageiros em 2019 no Aeroporto do Porto, que teve +9,8% ou mais 1,229 milhões que em 2018, alcançando o total recorde de 13,1 milhões, que dados da AENA recolhidos pelo PressTUR indicam que compreendeu aumentos em 28,2% ou cerca de 213,5 mil em ligações de/para Madrid e em 16,7% iu cerca de 98,8 mil em ligações de/para Barcelona.

 

Apesar do crescimento verificado nos voos de/para Espanha, França manteve-se a primeira origem/destino de passageiros no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, com 2,72 milhões, +6,6% ou mais 168,2 mil que em 2018.

 

Tal como em Lisboa, o crescimento do Aeroporto Sá Carneiro em 2019 baseou-se nas rotas internacionais, nas quais teve um aumento de passageiros em 12,4% ou 1,229 milhões, para 11,176 milhões, enquanto em voos domésticos teve um ligeiro decréscimo, em 3,2% ou 63,4 mil, para 1,929 milhões.

 

Assim, em 2019, depois de França as ligações com Espanha e as ligações com outros aeroportos portugueses foram as que tiveram mais passageiros, tendo representado mais de metade (51,2%) do total de passageiros do ano.

 

Seguiram-se, também com mais de um milhão de passageiros no ano, os voos de/para a Suíça, com 1,19 milhões, mas em ligeiro decréscimo de 0,2% ou 2,1 mil, Alemanha, com 1,131 milhões, +5,1% ou mais 55,3 mil que em 2018, e Reino Unido, que proporcionou o terceiro maior aumento de passageiros do ano, com mais 110,8 mil (+11,1%), somando 1,108 milhões.

 

As outras origens/destinos com maiores aumentos de passageiros no Porto em 2019 foram Itália, com mais 82,7 mil (+16,7%, para 578,5 mil), Bélgica, com mais 71,5 mil (+18,3%, para 470,9 mil), Marrocos, com mais 53,1 mil (+79%, para 120,4 mil), e Brasil, com mais 51,7 mil (+54,2%, para 146,3 mil).

 

Entre as origens/destinos que no ano passado ultrapassaram cem mil passageiros no Aeroporto do Porto conta-se também os Estados Unidos, com 125 mil, por um aumento em 32,1% ou 30,3 mil, que assim ultrapassaram Angola, Turquia e Emirados Árabes Unidos, embora também tenham registado crescimentos, respectivamente em 2,9% ou dois mil, para 72,9 mil, em 18,2% ou 14,8 mil, para 96,5 mil, e acima de 200%, para 39,7 mil.

Partilhar