NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Trata-se do Parque Empresarial do Paçô que vai permitir a criação de oito novos lotes destinados à indústria, em mais 17 mil metros quadrados.

"Encontra-se a decorrer a bom ritmo a empreitada de Consolidação estrutural do Parque Empresarial de Paçô, adjudicada à empresa Martins & Filhos, S.A.", começa por revelar a Câmara Municipal de Arcos de Valdevez.

 

Trata-se da expansão do Parque Empresarial do Paçô, explica a autarquia em comunicado enviado às redações, que vai permitir a criação de oito novos lotes destinados à indústria, em mais 17 mil metros quadrados.

 

Com um investimento no valor de 1,3 milhões de euros, as obras contemplam a ampliação da zona industrial de Paçô, a reconversão de todas as infraestruturas de água, saneamento, elétricas e de telecomunicações, a requalificação das áreas de estacionamento, passeios, áreas verdes, assim como a repavimentação dos acessos internos do Parque Empresarial à EN101, pode ler-se no documento.

 

Deste modo, "a Câmara Municipal mantém, assim, o apoio à economia, alargando as áreas de acolhimento empresarial, incrementando a captação de novos investimentos e a criação de emprego e rendimento, e, ao mesmo tempo, contribui para a fixação e atração de pessoas."

 

Faz ainda sobressair o mesmo documento que a Operação 'NORTE-02-0853-FEDER-037609 - Estruturação da Área de Acolhimento Empresarial de Paçô - Arcos de Valdevez', é cofinanciada pelo FEDER, Programa Operacional Norte2020, Portugal2020, Eixo Prioritário 2 - Competitividade das Pequenas e Médias Empresas.

Partilhar