NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

O grupo Hotusa irá terminar o ano de 2021 com 21 hotéis em Portugal, contribuindo para isso, as duas aberturas que estão previstas acontecer até ao final do mês de outubro, adiantou Amancio Lopez Seijas, presidente do grupo Hotusa, no encontro com a imprensa, salientando que se trata “somente de resolver os habituais processos burocráticos” para a abertura.

Os dois novos hotéis da Eurostars Hotel Company, cadeia de hotéis do grupo Hotusa, ficam lado a lado, com o Eurostars Universal Lisboa de 5* e o Ikonik Lisboa 3* a serem, respetivamente, a 20.ª e 21.ª unidade hoteleira do grupo em Portugal, ficando os dois hotéis em regime de propriedade e localizados no Parque das Nações, em Lisboa.

 

Com 108 quartos, o Eurostars Universal Lisboa 5*, 108 quartos, é conceptualmente um hotel inspirado pela rosa dos ventos simbolizada por um pátio interior. No interior do hotel, a homenagem é prestada, em cada um dos andares, à história e tradição de Lisboa, através da cerâmica, escultura, arquitetura, fado e literatura, marcas que, segundo Amancio Lopez Seijas, presidente do grupo Hotusa, “são a história universal que Lisboa oferece ao mundo”.

 

De resto, o legado histórica da cidade sobressai nas referências a peças de grande valor cultural, recolhidas na própria cidade, enaltecendo o trabalho dos artesãos locais.

 

A escultura é outro dos traços distintivos com que o Eurostars Universal Lisboa presenteia os futuros hóspedes, com algumas paredes a exibirem esculturas em bronze de figuras nacionais, ao lado da arquitetura que merece um capítulo à parte, com destaque para alguns monumentos.

 

A nostalgia está presente com o fado, enquanto a literatura tem em autores como Eça de Queiroz, Saramago, Pessoa ou Camões os maiores destaques.

 

Já no Ikonik de 3*, que se interliga com Eurostars Universal Lisboa através do pátio e do espaço dedicado às salas de reuniões, estamos perante um hotel moderno e funcional, expressando, assim, um design mais vanguardista e com uma dinâmica que irá ao encontro de um público mais jovem.

 

Este é o primeiro hotel “Ikonik” em Portugal, tratando-se de uma marca que representa “uma nova forma de conceber hotéis”, admitindo o presidente do grupo Hotusa no encontro com a imprensa, que o hotel tem como inspiração temática o “verdadeiro reflexo da capital jovem, moderna e funcional que é Lisboa”.

 

Com 230 quartos, o Ikonik Lisboa 3* diferencia-se ainda pelos espaços para a realização de reuniões profissionais, bem como celebrações privadas e eventos sociais, contribuindo para tal os mais de 650 m2 de espaço disponível. Juntando aos mais de 200 m2 do Eurostars Universal Lisboa 5*, as duas unidades do grupo possuem quase 900 m2 de espaço.

 

Para finalizar, Amancio Lopez Seijas salientou a “boa experiência” do grupo em Portugal, admitindo que encara o futuro com “positivismo”, depois de todo o setor do turismo e viagens ter “paralisado”.

 

No final, Lopez Seijas afirmou ainda que “o turismo do futuro fugirá da massificação”, concluindo ainda esperar “um futuro expectavelmente positivo para Portugal e Espanha”.

 

Recorde-se que em entrevista recente, o presidente do grupo Hotusa admitiu que, em 2022, os resultados possam aproximar-se de 2019 e ultrapassá-los mesmo, já em 2023.

 

De referir que Portugal é, depois de Espanha, o mercado com maior implantação da área hoteleira do grupo Hotusa.

Partilhar