NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Lisboa está entre as cidades que mais influenciam a indústria das criptomoedas e fica à frente de outras capitais europeias como Berlim e Londres.

ADecrypt, uma das mais populares e importantes publicações especializadas em temas como blockchain, criptomoedas e NFT, nomeou Lisboa como a sétima cidade mais influente no mundo das criptomoedas. A capital portuguesa figura, por exemplo, à frente de grandes capitais e cidades internacionais como Londres, no Reino Unido, Telavive, em Israel, ou Berlim, na Alemanha.

 

Para o bom posicionamento de Lisboa contribuiu, segundo a publicação, o facto de Portugal ainda não taxar a negociação esporádica de criptomoedas, e de no final do ano ter sido palco de vários eventos e anúncios de relevo para a comunidade da blockchain e criptomoedas.

 

Por exemplo, Lisboa foi o local escolhido pela Near Protocol para anunciar um fundo de investimento de 800 milhões de dólares para projetos de aplicações descentralizadas – dos quais 4,3 milhões têm como destino projetos baseados em Portugal. A capital é também o ponto a partir do qual a Immunefi ajuda a proteger mais de 100 mil milhões de dólares em ativos digitais. E é ainda a base para uma das mais importantes empresas na área dos NFT, a Mintbase.

 

Os primeiros lugares do ranking são liderados pelas cidades de São Francisco (EUA), Washigton DC (EUA) e Pequim (China). De sublinhar que o ranking da Decrypt, que é uma escolha editorial da publicação, tem em conta os contributos positivos das diferentes cidades no desenvolvimento do segmento das criptomoedas, mas também as decisões que tiveram um efeito negativo, algo que ajuda a explicar a posição tão elevada de Pequim no ranking, já que a negociação de criptomoedas foi considerada como ilegal naquele país.

 

“Estes 15 lugares estão a mudar a tecnologia, a cultura e a política que faz das criptomoedas aquilo que elas são. Foram escolhidos não por serem locais desejáveis para viver (ainda que alguns sejam), mas porque, por uma razão ou outra, exerceram uma grande influência nas criptomoedas”, lê-se no site da Decrypt.

 

Na galeria, em cima, pode ficar a conhecer a lista das 15 cidades mais influentes no mundo das criptomoedas.

Partilhar