NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Com mais de três centenas pessoas a trabalhar na operação portuguesa, a Alter Solutions quer contratar, até ao final do ano, mais 200 engenheiros para a ajudar na crescente transformação digital das empresas. Uma faturação de 13 milhões de euros em 2020, equivalente a um crescimento de 25%, é o resultado positivo que leva ao reforço da aposta da consultora tecnológica em Portugal.

Nearshore” é uma solução encontrada por muitas grandes empresas que recorrem à subcontratação de uma atividade noutros países geograficamente próximos. E é essa a função principal assumida pela Alter Solutions Portugal relativamente à empresa-mãe, em França, e que tem dado frutos.

 

O aumento do volume de negócios veio acompanhado de uma carteira com mais de 100 clientes ativos, nacionais e internacionais, nos setores da banca, seguros, meios de pagamento e indústria.

 

"2020 foi um ano de adaptação das nossas práticas aos novos contextos que o mercado exige, sempre alinhadas com os objetivos estratégicos definidos para a empresa. Olhando para trás, podemos dizer que foi um ano muito positivo para a nossa atividade, ainda que altamente desafiante. Conseguimos angariar novos clientes, e iniciámos projetos muito estimulantes", afirma Bernardo Estriga, diretor de operações da Alter Solutions Portugal, em comunicado.

 

"A crescente transformação digital das empresas, transversal a todos os setores, e a contínua necessidade de profissionais qualificados nas tecnologias de informação dão-nos confiança para o futuro”, assegura o responsável da operação em Portugal.

 

O mercado internacional, onde se inclui a unidade portuguesa, é uma das principais apostas de crescimento para a Alter Solutions. Com clientes como a Stellantis, SNCF - Société Nationale des Chemins de Fer, Decathlon e Volkswagen, tem já um peso de 15% da operação global.

 

A estratégia da consultora tecnológica passa pelo reforço da atividade em países como o Luxemburgo e a Holanda, mas também pela conquista dos mercados britânico e suíço e, para isso, a Alter Solutions procura perfis que dominem as áreas de ‘DevOps’, desenvolvimento mobile, ‘Data Science’, ‘Business Intelligence’, ‘Project Management’, Infraestruturas e ‘Quality Assurance’, que a empresa considera “chave para os próximos anos", como afirma Bernardo Estriga, adiantando, ainda, que "as equipas de suporte também serão reforçadas”.

 

A Alter Solutions está no mercado português desde 2015 e, a partir dos escritórios do Porto e de Lisboa, oferece serviços de “nearshore”, “outsourcing”(contratação de outra organização para desenvolver uma certa área da empresa) e “turnkey projects” (entrega de soluções “chave-na-mão”).

Partilhar