NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

O realizador português Pedro Costa terá uma retrospetiva, em junho de 2022, no centro de arte Jeu de Paume, em Paris, no âmbito da Temporada Cruzada Portugal-França, de diplomacia cultural entre os dois países.

De acordo com aquele centro de arte dedicado à Fotografia e Imagem, a retrospetiva decorrerá de 14 a 26 de junho de 2022, e é apresentada como uma homenagem a Pedro Costa, a quem foi atribuída ainda uma 'carta branca', para programar escolhas pessoais, na instituição.

 

O ciclo de cinema foca-se numa das "grandes figuras da cena portuguesa", como escreveu o diretor do Jeu de Paume, Quentin Bajac, na apresentação da programação de 2022, e contará , com os filmes "Sangue" (1989) e "Ossos" (1997), entre outros.

 

Segundo o centro de arte, esta retrospetiva é uma oportunidade de "mostrar uma obra eminentemente contemporânea e um percurso de um artista para quem cada filme é uma aventura intensa, que questiona e reinventa o potencial estético, poético e político da ferramenta cinematográfica".

 

A retrospetiva será organizada em parceria com a Fundação Calouste Gulbenkian de Paris, e insere-se na programação da Temporada Cruzada entre França e Portugal, uma iniciativa de diplomacia cultural, de aprofundamento de relações entre os dois países, que decorrerá entre fevereiro e outubro de 2022.

 

A temporada em curadoria do encenador Emmanuel Demarcy-Mota, coadjuvado por Manuela Júdice e Victoire Bigedain Di Rosa, no comissariado-geral em cada um dos países.

 

Concebida para aproximar os dois países, através de uma programação vasta, a Temporada Portugal-França contará com cerca de 200 projetos transversais à cultura e à ciência.

Partilhar