NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

De acordo com os dados divulgados esta sexta-feira pelo Instituto nacional de Estatística (INE), as exportações e as importações de bens registaram variações homólogas nominais de +3,0% e +17,5%, respetivamente no mês de outubro.

Ao comparar com o período homólogo de 2020, verificaram-se variações de +0,7% nas exportações e +4,4% nas importações.

Excluindo combustíveis e lubrificantes, as exportações e as importações aumentaram 1,0% e 9,6%, respetivamente, uma subida abaixo da registada no mês anterior, abaixo também dos números de outubro de 2020.

 

No que respeita ao défice da balança comercial de bens, este aumentou 971 milhões de euros face ao mês homólogo de 2020, atingindo 1 985 milhões de euros em outubro de 2021. Uma vez mais, se excluirmos os combustíveis e lubrificantes, o défice atingiu 1 242 milhões de euros.

 

Ao fazer uma análise trimestral, o terceiro trimestre registou um aumento de 9% nas exportações de bens e as importações cresceram 18,8% em relação ao mesmo período de 2020.

 

De janeiro a outubro de 2021 as exportações aumentaram 4,3% e as importações diminuíram 0,8% em comparação com o mesmo período de 2019.

Partilhar