NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Os 121 investimentos captados e contratualizados este ano têm o valor de 2,7 mil milhões de euros e permitem a criação de 7.274 postos de trabalho.

A Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP) atingiu este ano o valor mais alto de captação de investimento estrangeiro. De acordo com o secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, até ao final do ano a AICEP terá captado 2,7 mil milhões de euros em investimento estrangeiro direto em Portugal, “um valor que mais do que duplica o valor atingido em 2019”, o melhor ano registado até ao momento.

 

Durante o briefing do Conselho de Ministros, esta quarta-feira, estes investimentos captados e contratualizados permitem a criação de 7.274 postos de trabalho e a manutenção de outros 41.538 postos de trabalho. Ao todo, foram 121 projectos que decidiram investir em Portugal com o apoio do Estado e que vão ficar espalhados por 70 municípios do país.

 

“É com grande gosto que mais uma vez a AICEP não só nos permite atingir um novo recorde de contratualização mas também permite que cheguem ao pais projectos de geografias diferentes”, referiu o governante, explicando que o maior projecto contratualizado é de origem sul coreana em parceria com uma empresa portuguesa.

 

Além deste, integram a lista dos 121 investimentos registados projectos com origem nos Estados Unidos, Brasil, Japão e outros países europeus como Alemanha, Espanha, França e Suíça.

 

Estes investimentos, explicou o responsável, estão destinados em investimento na área da industria. O sector do turismo foi o que somou pais projectos, sete. De resto, surgem investimentos na área do sector automovel e componentes, papel, mobiliário, madeira e cortiçãa telemecânica, química e outras industrias tranformadores.

 

“É um grande ano para a captação de investimento estrangeiro”, explicou Brilhante Dias.

Partilhar