NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Diretor de negócio em Portugal revela estratégia para o mercado nacional em entrevista ao idealista/news.

Há mais uma empresa espanhola a operar em Portugal no setor imobiliário. A Percent Servicios Inmobiliários, que celebra este ano uma década de existência, com agências na Comunidade Valenciana e na Galiza, escolheu Lisboa para iniciar o seu plano de expansão internacional. A mediadora já tem, de resto, um escritório/loja na capital. “A Percent existe para melhorar a vida de cada uma das pessoas que participam do processo de compra e venda de casas, oferecendo um serviço completo e seguro, para que cada experiência se torne uma recomendação”, diz em entrevista ao idealista/news Cleyton Oliveira, diretor de negócio em Portugal da Percent Servicios Inmobiliários.

 

Segundo o responsável, a ambição da empresa de crescer em Portugal não se fica por aqui, prevendo chegar também ao Porto e ao Algarve já no próximo ano. Considerando que “o mercado imobiliário nacional é um pouco mais regulado que o espanhol”, Cleyton Oliveira considera que, “ao fim ao cabo”, entre Portugal e Espanha, no mercado imobiliário, “as semelhanças são maiores que as diferenças”. 

 

Sobre o facto da escolha para dar o pontapé de saída na internacionalização ter recaído por Lisboa, é perentório ao afirmar que esta é uma boa altura para comprar casa em Portugal. E explica porquê: “Apesar da crise pandémica, não houve um desajuste nos preços das casas nos últimos tempos. Além disso, Portugal continua a ser um país que oferece qualidade de vida, custo de vida acessível e segurança às pessoas. Do lado do investidor, há segurança jurídica, retorno do investimento dentro de um prazo razoável e as yields são das mais altas da Europa”. 

 

A Percent Servicios Inmobiliários inaugurou o primeiro escritório em Portugal, em Lisboa, dia 15 de setembro. Porquê Portugal para iniciar a internacionalização da empresa?

 

Na verdade, a operação começou dia 4 de outubro de 2021. A Percent sempre foi uma empresa com vocação à expansão qualitativa, isto é, ao crescimento com sustentabilidade. Não é por acaso que é um dos principais players de mercado na Comunidade Autónoma de Valência e Galiza. Portugal foi escolhido estrategicamente como o país para dar início à internacionalização, porque do ponto de vista geográfico somos vizinhos de Espanha e sob a ótica cultural somos irmãos. Essas afinidades ajudam no processo expansivo. 

 

A expansão para Portugal estava prevista? Como se deu o processo?

 

Sim. A empresa sempre encarou Portugal como uma grande oportunidade de negócios e tinha como meta, ao completar 10 anos, iniciar atividade em terras lusitanas. E assim foi. Claro que o processo de seleção de pessoas, escolha de lugar e aprendizagem sobre aspetos culturais levam algum tempo, que foi, no entanto, encurtado pelo prévio planeamento e o desejo de fazer acontecer os planos.

 

A abertura do escritório em Portugal acontece em plena pandemia. Não será uma decisão um pouco arriscada?

 

Todas as decisões envolvem riscos, perdas e ganhos. Ao avaliar a conjuntura, percebemos que mais valia arriscar do que perder a oportunidade que estava diante de nós. Nós acreditamos que com trabalho, otimismo e foco as barreiras podem ser ultrapassadas. É óbvio que num cenário de pandemia é sempre mais complexo o acto do investimento. Porém, complexidade não significa impossibilidade de sucesso.

 

É a primeira agência imobiliária espanhola com lojas/escritórios próprios em Portugal, certo? Acredita que outras agências seguirão o exemplo?

 

Sinceramente não sei se somos a primeira, mas entre as que conheço somos a única. Orgulha-nos muito saber que a empresa acredita no futuro, apesar das atuais dificuldades conjunturais, e, por isso, está a expandir. Em relação às outras agências espanholas, penso que Portugal é sempre um bom destino para investimento, logo não ficarei surpreendido se outra agência abrir cá operações.

 

Quantas pessoas tem a Percent Servicios Inmobiliários em Portugal e quantas prevê ter nos próximos tempos?

 

Somos sete pessoas, o que nos orgulha muito, e a nossa intenção é ter até maio de 2022 um quadro 12 colaboradores. 

 

Têm em vista a abertura de mais algum escritório/loja no país? 

 

Temos a intenção de expandir por Lisboa e em 2022 iniciaremos atividade no Porto e no Algarve. 

 

Quantos imóveis têm em carteira em Portugal e quantos preveem ter até final do ano?

 

Atualmente temos 112 imóveis e até o fim do ano teremos 150. 

 

Esta é uma boa altura para comprar casa em Portugal?

 

Sim. Porque, apesar da crise pandémica, não houve um desajuste nos preços das casas nos últimos tempos. Além disso, Portugal continua a ser um país que oferece qualidade de vida, custo de vida acessível e segurança às pessoas. Do lado do investidor, há segurança jurídica, retorno do investimento dentro de um prazo razoável e as yields são das mais altas da Europa.

 

Como está o correr o negócio da Percent Servicios Inmobiliários em Espanha? Quantas lojas e agentes têm? 

 

A Percent em Espanha tem vivido uma das suas melhores fases, superando todos os objetivos e atingindo números nunca antes registados. Atualmente temos 13 estabelecimentos espalhados por Valência e Galiza e contamos com 80 colaboradores nos quadros.

 

Que diferenças e/ou semelhanças há entre o mercado imobiliário espanhol e português? São comparáveis?

 

O mercado imobiliário português é um pouco mais regulado que o espanhol, como por exemplo o papel do Instituto dos Mercados Públicos, do Imobiliário e da Construção (IMPIC) sobre as mediadoras. Espanha é um país muito regionalizado, por isso cada comunidade tem os seus próprios códigos de mercado. Claro que determinados comportamentos são comuns aos dois países, afinal a compra e venda de uma casa têm processos bem definidos, independente do lugar: publicitação, visita, reserva, Contrato Promessa Compra e Venda (CPCV) e escritura. Ao fim ao cabo, as semelhanças são maiores do que as diferenças. 

 

Que mensagem gostaria de deixar às pessoas sobre a Percent Servicios Inmobiliários?

 

A nossa missão institucional é a melhor mensagem que podemos passar, pois revela o nosso compromisso e razão pela qual todos os dias nos levantamos para prestar o nosso melhor serviço. A Percent existe para melhorar a vida de cada uma das pessoas que participam do processo de compra e venda de um imóvel, oferecendo um serviço completo e seguro, para que cada experiência se torne uma recomendação.

Partilhar