NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A Comissão Europeia, publicou um estudo, designado por “Study about the impact of open source software and hardware on technological independence, competitiveness and innovation in the EU economy”, sobre o impacto económico de software e hardware Open Source na competitividade, autonomia estratégica e inovação da União Europeia.

O uso de tecnologia Open Source está a tornar-se cada vez mais comum no ecossistema digital. Estes desenvolvimentos têm especial importância para o futuro da indústria digital e das tecnologias de informação e comunicação (TIC), nomeadamente nas políticas de ciber-segurança, Inteligência Artificial (IA), big data, digitalização, entre outras.

 

Estima-se que em 2018, as empresas europeias investiram cerca de mil milhões de euros em Software Open Source (OSS), o que terá tido um impacto positivo na economia entre 65 e 95 mil milhões de euros. O estudo prevê que, um aumento de 10% nas contribuições para códigos software Open Source irá gerar um aumento do PIB entre 0,4% e 0,6% assim como a criação de cerca de 600 novas start-ups tecnológicas, a cada ano.

 

O documento também identifica as potencialidades do uso de tecnologia Open Source no setor público e propõe uma lista de políticas públicas para maximizar os benefícios deste tipo de tecnologia, fomentar o seu uso no setor público e aumentar a competitividade da indústria digital na União Europeia.

 

Por fim, é feita proposta uma lista de políticas europeias, a curto e a longo-prazo, alinhadas com as atuais políticas de transformação digital e ecológica para maximizar os benefícios do Open Source e aumentar a competitividade da indústria digital da UE, tanto a nível de desenvolvimento de software como de hardware. 

 

Mais informações sobre este assunto podem ser obtidas junto da Delegação da AICEP em Bruxelas.

Partilhar