NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

HEALTH PORTUGAL na maior feira de tecnologias de saúde do mundo.

A saúde com marca nacional estará presente na maior feira de tecnologia para a área da saúde, a MEDICA 2021 que decorre na Alemanha, em Düsseldorf, entre os dias 15 e 18 de novembro, numa participação dinamizada pelo Health Cluster Portugal, pela Seletiva Moda e pela Associação Empresarial de Portugal.

 

Espera-se que esta ação tenha um contributo significativo para o contínuo crescimento das exportações nacionais em saúde, de forma a atingir o objetivo proposto para 2030 - no Plano de Desenvolvimento da Saúde - de 5.000 M euros.

 

Sob a marca Health Portugal, mais de 60 empresas, em mais de 500 m2, darão corpo à maior presença portuguesa nesta feira mundial. É como diz Joaquim Cunha, Diretor Executivo do Health Cluster Portugal "a mais representativa presença portuguesa de sempre na maior feira de tecnologias para a saúde do mundo. Esta presença reforça o sentido de responsabilidade desta aposta nacional: os projetos de saúde portugueses têm vindo a ter uma procura cada vez maior internacionalmente e a prova disso é o crescimento das exportações em saúde nos últimos anos. Estamos perante um setor dinâmico, resiliente e com uma contribuição cada vez mais significativa para a economia nacional".

 

A propósito da MEDICA 2021 será lançado um catálogo das ofertas nacionais em produtos e serviços na saúde:

 

Durante a MEDICA, mais precisamente no dia 16, à tarde, haverá ainda uma transmissão em direto do stand Health Portugal para o webinar JoinHealth – uma co-organização do HCP e EIT Health - no qual será possível conhecer alguns dos expositores portugueses e onde será apresentada, em primeira mão, a solução Chronic Disease Management Platform.

 

"Desde 2009 que levamos à MEDICA empresas portuguesas do setor têxtil e vestuário", refere Manuel Serrão, Diretor da Associação Selectiva Moda (ASM), que acrescenta "tratam-se de empresas que não tendo nesta área o seu core business sempre consideraram a Saúde como um nicho interessante". E conclui: "não poderíamos deixar passar este importante certame sem mostrar ao mundo a capacidade que as empresas deste setor tiveram para, em tempos difíceis de pandemia, se reconverterem e em tempo record conseguirem dar resposta às necessidades que o país e a Europa enfrentaram com a falta de máscaras e de dispositivos médicos em geral".

 

Já a Associação Empresarial de Portugal (AEP) que participa nesta feira pelo segundo ano consecutivo, considera, segundo Luís Miguel Ribeiro, seu presidente, "de grande importância a presença na MEDICA dado tratar-se da maior à escala mundial para o setor da saúde onde se apresentam as últimas tendências em tecnologia e produtos para a fileira médico-hospitalar, permitindo fortalecer a imagem de Portugal como país exportador num setor tão relevante e competitivo como o da saúde."

Um dos exemplos dos projetos de saúde portugueses é a Chronic Deseases Management Platform, uma plataforma desenvolvida em colaboração por mais de 20 entidades, como startups, centros de investigação e universidades portuguesas que pode ser encontrada aqui e estará a ser demonstrada na Medica 2021.

 

A fechar este webinar haverá uma mesa redonda para discutir o potencial de Portugal enquanto laboratório de teste de tecnologias médicas.

Partilhar