NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Um estudo da DiscoverCars.com revela como poderão ser 10 destinos turísticos mais emblemáticos do mundo em 2050 devido ao impacto das alterações climáticas, prevendo-se grandes danos ambientais como inundações, secas, terramotos e até erupções vulcânicas, que terão efeito na sua aparência de destinos populares em todo o mundo, ou potencialmente deixar de existir por completo.

Este novo relatório da DiscoverCars.com, em colaboração com a especialista em ambiente e analista de sustentabilidade, Marish Cuenca, revela como destinos como Nova Iorque, Londres, Cairo ou Havai poderão ser nos próximos 30 anos, tendo analisado os pontos de interesse turístico em cada continente e a forma como estes locais poderiam ser afetados por catástrofes naturais, como inundações, tempestades, chuvas ácidas, erosão, etc.

 

A considerada líder em reservas online de aluguer de automóveis lembra que as alterações climáticas são um dos problemas mais graves que enfrentamos atualmente. Os glaciares do Ártico já começaram a derreter, aumentando o nível do mar e provocando inundações em massa nas zonas costeiras. Além disso, muitos países continuam a registar os seus verões mais quentes ano após ano, evidenciando o aumento constante da temperatura.

 

“Muitos viajantes sonham com uma viagem de carro, que lhes ofereça uma perspetiva única sobre alguns dos seus locais de sonho e a oportunidade de apreciar paisagens fantásticas ao longo do caminho, mas infelizmente, a realidade é que, para muitos destinos populares, o seu tempo é limitado devido ao atual ritmo do aquecimento global”, indica a empresa, acrescentando que os resultados do relatório são realmente bastante preocupantes para muitos. No entanto, também “quisemos transmitir algum otimismo de que nunca é tarde demais para ajudar a fazer a diferença.”

 

Embora as alterações climáticas estejam, sem dúvida, a ter um impacto significativo em todo o mundo, a DiscoverCars.com também reiterou a importância de tomar medidas, por mais pequenas que sejam, para reduzir a sua pegada de carbono durante a viagem. Também foram partilhadas algumas dicas simples para ajudar os viajantes a reduzir as suas emissões de carbono durante uma viagem de carro.

 

Refira-se que o relatório, já considerado revelador e chocante, contém imagens interativas com barras deslizantes, permitindo aos leitores explorar o aspeto que estes destinos icónicos poderão ter em 2050. Os locais incluídos na investigação são: Grande Cairo, Egipto; Manila, Filipinas; Ilha de Okinawa, Japão; Kolkata, Índia; Queensland, Austrália; Nova Iorque, Estados Unidos; Califórnia, Estados Unidos, Hawaii, Estados Unidos, Tirol do Sul, Itália; e Londres, Reino Unido.

Partilhar