NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

O défice da balança comercial de Cabo Verde recuou mais de 10% em 2020, face ao ano anterior, para 584 milhões de euros, após fortes quebras nas exportações e importações, segundo dados do INE divulgados hoje.

De acordo com o boletim das estatísticas do comércio externo de Cabo Verde em 2020, do Instituto Nacional de Estatística (INE), as exportações cabo-verdianas (que não incluem o turismo) totalizaram 5.101 milhões de escudos (46,1 milhões de euros), um recuo de 16% face a 2019, influenciado pelas consequências da pandemia global de covid-19 ao longo do ano.

 

As importações feitas por Cabo Verde também recuaram, 11% face a 2019, para 69.694 milhões de escudos (630,3 milhões de euros) em 2020, enquanto as reexportações caíram 46,8%, para 14.973 milhões de escudos (135,4 milhões de euros).

 

Este desempenho desagravou o défice da balança comercial de Cabo Verde, que caiu de 72.230 milhões de escudos (653 milhões de euros) em 2019 para 64.593 milhões de escudos (584 milhões de euros) em 2020 (-10,6%).r

Partilhar