NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A Indra vai equipar os 20 novos aviões Eurofighter do programa Halcón, que substituirão os F18 na base aérea de Gando, nas Ilhas Canárias, com o radar eletrónico ESCAN de varrimento eletrónico e o DASS (Electronic Defence System), um dos mais avançados sistemas de aviónica e de sensórica do mundo. Garantirão, assim, o patamar máximo da aeronave nas próximas décadas. As atividades de produção custarão mais de 80 milhões de euros.

Ignacio Mataix, CEO da Indra refere que “a Indra é o segundo fornecedor de sistemas de aviónica para o Eurofighter e a única empresa europeia que irá participar nas diferentes versões de radar que o Eurofighter irá transportar no futuro, o que lhe garante um conhecimento profundo de uma tecnologia chave no mundo da Defesa. Estes factos estão diretamente relacionados com o nosso empenho no desenvolvimento contínuo das tecnologias mais avançadas e na digitalização dos sistemas de defesa e o nosso objetivo de ser uma força motriz para esta indústria a partir da nossa posição de líder global nos principais programas de defesa”.

 

Os contratos do programa Halcón incluem também o fornecimento e integração de mais de 15 equipamentos adicionais de aviónica para os subsistemas mais importantes da plataforma, tais como sistemas de comunicações e de sobrevivência do cockpit, monitorização de consumíveis e gestão da saúde da plataforma.


Este novo programa vem juntar-se ao contrato de mais de 100 milhões de euros que a Indra anunciou em julho passado para equipar 38 Eurofighter alemães com tecnologia de ponta.

Partilhar