NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Governo acredita que projeto vai melhorar a balança comercial de Portugal.

A petrolífera espanhola Repsol e o Governo português vão anunciar amanhã um investimento de 657 milhões de euros no Complexo Industrial de Sines, para ampliação daquele espaço com a construção de duas novas fábricas.


O investimento da Repsol em Sines é considerado um projeto de Potencial Interesse Nacional (PIN), "o maior investimento industrial dos últimos dez anos em Portugal", lê-se na nota enviada à Redação.


Segundo o secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, citado pela Lusa a 8 de julho, o investimento da Repsol "vai não só contribuir para a descarbonização da economia portuguesa, como vai focar-se nos objetivos de aumentar as exportações e diminuir as importações".


As duas novas fábricas, cuja construção está prevista começar este ano e terminar em 2025, vão trabalhar materiais poliméricos de alto valor acrescentado, 100% recicláveis, para as indústrias automóvel, farmacêutica ou alimentar, entre outras. "Estima-se que, em momento de cruzeiro, o impacto direto do projeto na balança comercial de bens poderá andar muito próximo dos 800 milhões de euros", afirmou Brilhante Dias.

Partilhar