NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

O Ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, anunciou que iniciaria esta quinta-feira uma das medidas de apoio do Governos às empresas produtoras nacionais, no âmbito do impacto do conflito em solo ucraniano que tem impactado os preços da energia e matérias-primas.

De acordo com Siza Vieira, esta medida tem como objetivo “dar liquidez às empresas e fazer com que elas não entrem em dificuldades”, incidindo principalmente nas empresas de alguns setores nos quais o aumento dos preços da energia representam uma percentagem maior dos seus custos de produção.

 

O governante explicou que a partir de hoje estará disponível nos bancos aderentes uma “linha de crédito com garantia pública de cerca de 400 milhões de euros [disponibilizada pelo Banco Português de Fomento], com nível de garantia de 70% do montante financiado para empresas que operam nos setores da indústria transformadora e dos transportes, para os quais os custos de energia representam 20% dos custos de produção, ou que tenham tido um aumento dos custos de mercadorias superior a 20% ou uma quebra de faturação igual a 15%”.

Partilhar