NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

O banco liderado por Ana Botín chegou a acordo para comprar os 20% que ainda não detinha no Santander Consumer USA. Operação vai custar 2,1 mil milhões de euros à instituição financeira.

O Banco Santander chegou a acordo para comprar a participação de 20% que ainda não detinha na sua filial norte-americana, o Santander Consumer USA, numa operação que vai custar 2,48 mil milhões de dólares (perto de 2,1 mil milhões de euros) à instituição financeira liderada por Ana Botín.

A informação é avançada pelo jornal espanhol Cinco Días, citando um comunicado enviado ao regulador dos mercados espanhol esta terça-feira, 24 de agosto.

O banco vai pagar 41 dólares por ação, acima do valor anteriormente revelado. Quando anunciou a operação para assumir o controlo de 100% do Santander Consumer USA, a 2 de julho, a instituição financeira tinha dito que iria pagar 39 dólares por título. 


O preço da oferta representa também um prémio de 14% em relação ao valor de fecho das ações da filial norte-americana a 1 de julho de 2021, que foi de 36,43 dólares. 

A operação fica agora sujeita à aprovação dos reguladores. A expectativa é que a compra fique fechada até ao final deste ano. "Prevê-se que fique concluída no final de outubro ou durante o quarto trimestre de 2021, uma vez obtida a aprovação dos reguladores", disse o Banco Santander no comunicado.

Antes da filial nos EUA, o Banco Santander também fez uma oferta, há cerca de um mês, para ficar com 100% da sua filial no México. Neste caso, 8,3% do capital era detido por acionistas minoritários. 

Partilhar