NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A Autoridade Helénica de Estatística (ELSTAT) divulga dados estatísticos sobre a evolução do volume de negócios das empresas do comércio a retalho em 2020.

Registou-se uma redução de 8,6 por cento do volume de negócios das empresas do comércio a retalho que totalizou 47,25 mil milhões de euros, de 51,72 mil milhões de euros em 2019.

 

As atividades de maior crescimento do volume de negócios foram as seguintes:

  • Vendas via email ou via internet (+18 por cento | 464,1 milhões de euros);
  • Computadores, periféricos e soluções software (+13,1 por cento | 758 milhões de euros);
  • Produtos alimentares, bebidas e tabaco (+5,2 por cento | 14,9 mil milhões de euros).

As atividades de maior recuo do volume de negócios foram as seguintes:

  • Relógios e joalheria (-46,8 por cento | 221,5 milhões de euros);
  • Vestuário e calçado - Vendas ao ar livre (-39,8 por cento | 5,8 milhões de euros);
  • Cosméticos e artigos de casa de banho (-39,4 por cento | 604 milhões de euros)
  • Vestuário - vendas em lojas (-36,6 por cento | 1,7 mil milhões de euros).

Leia a informação aqui.

Partilhar