NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A produtora portuguesa Joana Domingues, da Caracol Studios, foi eleita membro da direção da Academia de Cinema Europeu, foi hoje anunciado.

De acordo com a Caracol Studios, Joana Domingues foi eleita numa assembleia-geral da academia, a 08 de dezembro, assumindo a representação de Portugal e Espanha, juntamente com o produtor espanhol Antonio Saura.

 

A Academia de Cinema Europeu foi fundada em 1989 com o propósito de "defender os interesses da indústria cinematográfica europeia", e o primeiro presidente foi o realizador sueco Ingmar Bergman.

 

Atualmente, a academia é presidida pela realizadora polaca Agnieszka Holland e integra cerca de 4.200 membros. Uma das iniciativas de maior visibilidade da academia é a atribuição dos prémios do cinema europeu.

 

Joana Domingues, 33 anos, é uma das sócias fundadoras da produtora independente Caracol Studios, "focada na produção de projetos que abordem temas socialmente relevantes e com apelo nacional e internacional", refere em nota de imprensa.

 

Desde 2016, Joana Domingues produziu os filmes "Carga" (2018) e Sombra" (2021), de Bruno Gascon, e a série "Evadidos", também do mesmo realizador, com estreia marcada para 2022. Atualmente tem em pré-produção "Outono", primeira longa-metragem de António Sequeira.

 

Em 2019 integrou o programa "MatchMe!", do festival de Locarno (Suíça), dedicada a jovens produtores de cinema.

Partilhar