NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Verba disponível é de 25 de milhões de euros. Candidaturas ficam abertas até 23 de Novembro de 2021 e cidade vencedora será anunciada em 2023. Viana do Castelo, Funchal, Leiria, Faro, Évora, Coimbra, Aveiro, Braga, Guarda e Oeiras na corrida.

Portugal lançou nesta segunda-feira, 23 de novembro, o convite para as cidades se candidatarem a Capital Europeia da Cultura em 2027, bem como regulamento interno para a eleição, segundo o aviso publicado em Diário da República que formaliza a abertura do processo. Verba disponível para a Capital Europeia da Cultura 2027 é de 25 de milhões de euros.

 

Candidaturas ficam abertas até 23 de Novembro de 2021 e cidade vencedora será anunciada em 2023. Entre as cidades portuguesas que já anunciaram que vão apresentar uma candidatura estão Viana do Castelo, Funchal, Leiria, Faro, Évora, Coimbra, Aveiro, Braga, Guarda e Oeiras.

 

Segundo o Executivo, a iniciativa Capital Europeia da Cultura tem como objetivos “a salvaguarda e promoção da diversidade das culturas, na Europa, realçando as características comuns que partilham, fomentando o sentimento de pertença a um a um espaço cultural comum”.

 

A candidatura vencedora terá um montante disponível de 25 milhões de euros, a operacionalizar através do próximo Quadro Comunitário de Apoio Portugal 2020-2030.

 

A escolha da cidade vencedora será feita por um júri composto por dez peritos independentes, nomeados por instituições europeias, e para o qual Portugal escolherá dois elementos entre janeiro e junho do próximo ano. Em 2023, será anunciada a vencedora.

 

A Autoridade de Gestão deste processo é o Gabinete de Estratégia, Planeamento e Avaliação Culturais (GEPAC), sob tutela da Ministra da Cultura. As cidades candidatas deverão consultar o website www.ecoc2027.mc.gov.pt para informação mais detalhada sobre o convite à apresentação de candidaturas, o regulamento interno e a documentação complementar do processo.

 

No passado, Portugal recebeu o título de Capital Europeia da Cultura três vezes, pela cidade de Lisboa, em 1994, do Porto, em 2001, e de Guimarães, em 2012.

 

Viana do Castelo e Funchal entre os candidatos portugueses

 

Aveiro, Braga, Coimbra, Évora, Faro, Funchal, Leiria, Guarda, Oeiras e Viana do Castelo são as cidades que já manifestaram intenção em serem Capital Europeia da Cultura 2027, que decorrerá em simultâneo em Portugal e na Letónia.

 

O presidente da Câmara de Viana do Castelo sinalizou hoje que o município está a preparar uma candidatura “forte” a Capital Europeia da Cultura em 2027, após a publicação, esta segunda-feira, em Diário da República do aviso de convite àquela iniciativa.

 

“Estamos a preparar uma candidatura forte de Viana do Castelo alicerçada na sua forte identidade cultural, muito assente na etnografia, no traje e na cultura popular, mas também muito apoiada na sua cultura marítima costeira”, afirmou esta segunda-feira à agência Lusa, o presidente da autarquia, José Maria Costa. O autarca socialista salienta que  “desde a sua fundação, Viana do Castelo tem uma enorme tradição ligada ao mar”, apontando como exemplos “a pesca do bacalhau e a construção naval”.

 

Também Funchal, no final de agosto deste ano, deu conta de que Funchal vai apresentar candidatura para Capital Europeia da Cultura em 2027.

 

Segundo o presidente da autarquia, Miguel Gouveia, este será um dos projetos estruturantes para a cidade, em 2021, que será levado ao conhecimento do mundo, num palco de excelência como é a Expo Mundial no Dubai, que vai realizar entre 1 de outubro de 2021 e o dia 31 de março de 2022.

Partilhar