NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A Agência para o Investimento e Comércio Externo vai atribuir os prémios Melhor PME Exportadora e Melhor Investimento.

O Convento de São Francisco, em Coimbra, foi o local escolhido para acolher, no próximo dia 8 de novembro, a conferência anual da AICEP, subordinada ao tema "Exportações & Investimento". A edição deste ano decorrerá já em formato presencial e, como é hábito, incluirá a atribuição dos prémios AICEP "Melhor PME Exportadora" e "Melhor Investimento", que distinguem as empresas que, em 2019, se destacaram quer pelas suas estratégias de internacionalização ou de investimento, no âmbito de projetos financiados pelo Portugal 2020.

 

O Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) merecerá particular atenção, com a presença de António Costa Silva, presidente da Comissão Nacional de Acompanhamento do PRR que falará sobre "A importância do PRR para o relançamento da economia portuguesa". Já o debate "O papel das associações empresariais/empresas para o sucesso do PRR em Portugal", reunirá à mesma mesa António Saraiva, presidente da CIP, José Eduardo Carvalho, da AIP, e Luís Miguel Ribeiro, da AEP. A conferência contará ainda com as intervenções de Augusto Santos Silva, ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Pedro Siza Vieira, ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, e Eurico Brilhante Dias, secretário de Estado da Internacionalização.

 

Hub tecnológico

 

O evento, que terá como keynote speaker Nuno Sebastião, CEO da Feedzai, abordando o tema "Conhecimento, empreendedorismo, inovação e competitividade - de Portugal para o mundo", tem lugar num momento particularmente marcante no que toca ao investimento tecnológico e às exportações. Com mais de 110 empresas internacionais com centros de competências tecnológicos que cobrem áreas tão diversas como a engenharia automóvel, a cibersegurança, o marketing digital ou as fintech, responsáveis por mais de 35 mil empregos altamente qualificados, Portugal continua a atrair investimento estrangeiro. Para Luís Castro Henriques, presidente da AICEP, este investimento (em centros de engenharia, desenvolvimento de software e IT) é, em si mesmo, o "reconhecimento da qualidade do talento nacional e da dinâmica do ecossistema nacional de investigação e desenvolvimento". Castro Henriques lembra ainda que, atualmente, um terço dos diplomados do ensino superior português têm como áreas de estudo as ciências, tecnologia, engenharia e matemática.

 

Já este ano, várias empresas presentes em Portugal anunciaram novos projetos de expansão, os quais implicam o reforço das equipas e investimento em atividades de I&D.

 

"A pandemia acelerou o processo de transição digital de vários setores de atividade, e a partir de Portugal tem sido possível dar resposta às necessidades deste novo mercado digital, integrando conhecimentos técnicos, domínio de línguas estrangeiras e espírito empreendedor", afirma Luís Castro Henriques que destaca ainda os dois mil novos postos de trabalho que serão criados pelos projetos de investimento de criação de novos Centros de Competências angariados pela AICEP desde o início do ano.

 

Exportações em alta

 

De acordo com os dados do INE, entre janeiro e agosto deste ano as exportações portuguesas de bens atingiram os 41,1 mil milhões de euros, um valor superior em 1,6 mil milhões de euros ao registado no período homólogo de 2019. Um valor que representa não só um crescimento superior ao do período pré-pandémico, como é o mais alto alguma vez registado nos primeiros oito meses do ano.


A Espanha, que é hoje o principal destino dos produtos portugueses, com um peso de 26,2%, registou um aumento de 1,036 milhões de euros relativamente ao mesmo período de 2019. Também em crescimento enquanto mercados-cliente estão França, Gibraltar, Estados Unidos da América, Marrocos, Bélgica, Japão e Suécia. No que toca a produtos, são as máquinas e aparelhos a principal exportação nacional (com uma quota de 14,4%), logo seguidos dos veículos e outro material de transporte.

Partilhar