NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A Stellantis e o fabricante de baterias chinês para veículos elétricos Contemporary Amperex Technology (CATL) estão a planear construir uma fábrica de baterias de baixo custo para veículos elétricos na Europa, foi hoje anunciado.

A fábrica vai produzir baterias de lítio – ferro – fosfato (LFP), esclarece a Stellantis em comunicado, citado pela agência Bloomberg, acrescentando que ainda não foi tomada qualquer decisão sobre a sua dimensão e localização.

 

Os dois parceiros estão também a analisar a possibilidade de criarem uma empresa conjunta (‘joint venture’), lê-se no comunicado da Stellantis, o grupo automóvel.

 

Num encontro com jornalistas sobre o acordo preliminar conjunto, o vice-presidente-executivo da Stellantis e responsável mundial pelas compras e pela cadeia de fornecimento, Maxime Picat, disse que “a capacidade de produção de LFP [da Stellantis] na Europa é atualmente nula”.

 

“Nos próximos cinco a dez anos será uma tecnologia muito importante”, salientou o gestor.

 

Maxime Picat afirmou também que seriam necessários “mais alguns meses” para que se finalizasse o plano para criar a ‘joint-venture’ com a CATL, tendo-se escusado a dar pormenores sobre a possível localização da nova unidade fabril de baterias para veículos elétricos.

 

A parceria entre a Stellantis e a CATL representará um dos acordos mais abrangentes a este nível na Europa, onde as autoridades estão a planear aplicar regras mais rigorosas em relação às baterias para ajudar a criar uma cadeia de fornecimento local.

 

Em outubro, o presidente-executivo da Stellantis, Carlos Tavares, anunciou também que fechou um acordo no montante de 1.600 milhões de dólares (1.463 milhões de euros) para a aquisição de uma participação no capital do fabricante chinês de veículos elétricos Zhejiang, detida em partes iguais pelas duas empresas.

 

Em Executive Digest

Partilhar