NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

No primeiro semestre, os rendimentos operacionais do grupo Martifer quase duplicaram e situaram-se em 125,3 milhões de euros. O lucro quadruplicou para os 5,8 milhões de euros.

A Martifer fechou o primeiro semestre do ano com lucros de 5,8 milhões de euros, o que significa que multiplicou por quatro o resultado líquido de 1,5 milhões alcançado no período homólogo, de acordo com o comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

 

Nos primeiros seis meses do ano, o resultado antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA) quase duplicou para 12,6 milhões de euros, em comparação com o ano passado, “com todos os segmentos operacionais a apresentar EBITDA positivo”, esclarece o grupo em comunicado.

 

Por sua vez, os proveitos operacionais atingiram os 125,3 milhões, mais 14,1 milhões do que no mesmo período do ano passado. A construção metálica permitiu ao grupo angariar 67 milhões de euros, a construção naval 52,5 milhões e o segmento das renováveis 6,6 milhões de euros.

 

Em relação à faturação, a Martifer apenas revelou que o “volume de negócios gerado fora de Portugal e exportações ascendem a 82% do volume de negócios total do grupo”, quando, no mesmo período de 2020 representavam 85%.

 

“Concretizado o objetivo da sustentabilidade económica e financeira, o grupo pretende consolidar a trajetória dos últimos anos, com um posicionamento estratégico, claro e objetivo por unidade de negócio“, realça a empresa liderada por Pedro Duarte.

Partilhar