NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Marrocos decidiu alterar a estratégia no que concerne os acordos de comércio livre. O princípio da reciprocidade será aplicado com determinados parceiros económicos sempre que se revele necessário, à semelhança do efectuado com o Egito e a Turquia, em 2021,  já com resultados objectivos e positivos para Marrocos.

 

Esta alteração estratégica resulta da dinamização de um barómetro em parceria com o sector privado marroquino visando detetar todas as dificuldades encontradas às exportações marroquinas nas fronteiras de países terceiros.

 

No que concerne concretamente a União Europeia, o plano de ação do Ministério da indústria e Comércio de Marrocos prevê o reforço e aprofundamento da cooperação, através de negociações de novas regras mais flexíveis no quadro da zona EUROMED para permitir um maior acesso às exportações marroquinas e/ou à protecção da indústria local.

 

De acordo com o Aujourd’hui.ma, tais alterações apontam igualmente para a renovação das parcerias com os países árabes, designadamente em termos de revisão das regras relativas à menção do país de origem no quadro da zona de comércio livre árabe, retomar as negociações para a criação da União Aduaneira Árabe, outras medidas conducentes ao reequilíbrio da balança comercial com determinados países, assim como ao combate de certas práticas relativas à menção do país de origem e à contrafação.

Partilhar