NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A edição da Hannover Messe de 2022, na qual Portugal é país-parceiro, irá decorrer de 30 de maio a 2 de junho. A marcação da nova data da maior feira industrial do mundo deve-se à evolução da pandemia COVID-19, com grande incidência na Alemanha e nos países europeus vizinhos. A nova data permitirá realizar a feira em condições de maior segurança.

A decisão foi tomada na quarta-feira, 19 de janeiro, pela Deutsche Messe AG em conjunto com o Conselho Consultivo de Expositores da Hannover Messe e as associações parceiras VDMA (Association of German Mechanical and Plant Engineering) e ZVEI (Central Association of German Electrical Engineering and Digital Industry). A feira estava prevista para finais de abril, tendo sido remarcada para 30 de maio a 2 de junho.

 

"Devido à elevada incidência da COVID-19 na Alemanha e em muitos países vizinhos, decidimos, em conjunto com os nossos parceiros, remarcar a Hannover Messe para o próximo verão. O ano passado demonstrou que os meses de verão são os melhores para a realização de grandes eventos nesta conjuntura de pandemia. Não podendo prever-se se a situação do COVID será melhor em abril, a nova data oferece aos participantes maior segurança em termos de planeamento, para que possam apresentar as suas inovações na feira industrial mais importante do mundo", afirma Jochen Köckler, CEO da Deutsche Messe AG.

 

A Hannover Messe, no final de maio, será o primeiro grande evento industrial a nível internacional. Com foco na digitalização e na sustentabilidade irá, durante quatro dias, promover a inovação industrial em linha com as políticas de combate às alterações climáticas e da transição energética e digital.

 

"É correto adiar a Hannover Messe para uma data posterior e, assim, permitir que o programa de vacinação avance, o que é do interesse dos expositores e dos visitantes da feira. A nova data também aumenta a probabilidade de uma maior audiência nacional e internacional, o que beneficia a todos", defende Thilo Brodtmann, diretor-geral da VDMA.

 

Por seu lado, Wolfgang Weber, chairman da ZVEI, recorda que a Hannover Messe é a montra industrial mais importante do mundo para as empresas dos setores em foco, afirmando-se convencido de que "no verão alcançaremos um público maior e muito interessado na Indústria 4.0 e no seu contributo para a sustentabilidade".

 

Portugal com mais de 100 empresas na Hannover Messe 2022

Portugal é o país-parceiro da Hannover Messe 2022, sendo a participação portuguesa coordenada pela AICEP - Agência para o Investimento e o Comércio Externo de Portugal, e coorganizada com a AIMMAP - Associação dos Industriais Metalúrgicos, Metalomecânicos e Afins de Portugal e a CCILA - Câmara de Comércio e Indústria Luso-Alemã.

 

"Vamos, em conjunto, continuar a trabalhar para que a participação de Portugal na Hannover Messe 2022 seja um sucesso para as empresas portuguesas", afirma Luís Castro Henriques, presidente da AICEP, acrescentando que "apesar deste adiamento, que a segurança de todos, expositores e visitantes, determina, a participação de Portugal na Hannover Messe como país-parceiro é uma enorme oportunidade para as empresas nacionais e para Portugal, pois será um palco mundial de afirmação das nossas capacidades de inovação, produção, serviço e talento, numa altura em que estão em curso importantes processos de reorganização global das cadeias de valor".

 

Portugal apresenta-se na Hannover Messe com um forte conceito expositivo em três áreas de aposta – Engineered Parts and Solutions, Energy Solutions e Digital Ecosystems –, e refletirá uma indústria portuguesa em linha com as transições digital e ambiental, em que projetos e soluções destas áreas se mostram numa lógica de ecossistema, organizados de acordo com as preocupações e necessidades do visitante da HM em 2022. Contará também com a participação de grandes empresas alemãs a operar em Portugal, que apresentarão soluções "Created in Portugal", com ganhos de competitividade provados, dando testemunho de que Portugal faz sentido para investir, trabalhar e viver.

 

Até ao momento estão inscritas e pré-inscritas mais de 100 empresas portuguesas dos três setores de aposta na Hannover Messe 2022.

 

"A participação portuguesa na Hannover Messe 2022 irá reforçar a imagem de Portugal como país fornecedor de produtos e serviços, ampliar a participação das empresas portuguesas nas cadeias de valor, em particular das empresas alemãs, e captar projetos de investimento industrial para o nosso país", reforça Luís Castro Henriques.

Partilhar